Novo carregamento de oxigênio para o Platão Araújo oferece o dobro do insumo à unidade de saúde

A chegada de um novo tanque de oxigênio com aproximadamente 20 mil metros cúbicos, no início da tarde desta quinta-feira (04/02), no Hospital e Pronto-Socorro (HPS) Platão Araújo, irá ampliar para o dobro a quantidade que era ofertada anteriormente na unidade. A ação faz parte da força-tarefa realizada pelo Governo do Estado para ampliar a quantidade do insumo e atender a demanda das unidades hospitalares.

O coordenador de manutenção da unidade, José Carlos Lopes, explica sobre a quantidade que era ofertada pelo primeiro tanque instalado e a substituição dele por outro com capacidade de oxigênio ainda maior. “Nosso tanque atual tem a capacidade de 9.780 metros cúbicos. O tanque que vai ser instalado vai ser com o dobro dessa capacidade”, esclareceu.

Segundo o coordenador de manutenção, que acompanhou todo o processo, a chegada desse novo tanque, fornecido e instalado pela empresa White Martins, facilitará o abastecimento feito na unidade.

“Nós tivemos uma pressão da rede de 58 pontos a mais do que nós já tínhamos, o que gerou um número grande e estava tendo o congelamento na evaporadora, devido ao grande consumo. E estava tendo um abastecimento três ou duas vezes por dia, o que agora vai acontecer no máximo a cada dois dias”, concluiu.

Força-tarefa – O Governo do Amazonas tem atuado por meio do Comitê de Crise para somar todos os esforços no combate ao atual cenário da pandemia de Covid-19 no estado. Entre as medidas adotadas está a instalação de tanques com oxigênio e de miniusinas para a produção do insumo nas unidades da capital e do interior.

FOTO: Lucas Silva/Secom