Worried young attractive businesswoman sitting at table and looking at laptop screen while touching temples. Front view with big window and blurry green view outside in background.

Dinâmica de brainstorming aliada a elementos visuais é capaz de elucidar problemas complexos e gerar grandes insights.

De que maneira a criatividade é despertada no cérebro humano? Na prática, é comum associar esta qualidade com características como independência de pensamento, persistência, curiosidade e inconformismo. Mas, apesar do termo ser compreendido de forma simples, entender as suas origens tem sido um dos grandes dilemas a ser solucionado por estudiosos ao longo dos anos.

Diante deste cenário, destaca-se uma abordagem que exerce um papel eficaz na estimulação de uma mentalidade criativa. Trata-se do brainstorming visual.

Originalmente, o brainstorming procura criar um espaço descontraído e de troca de experiências sem julgamentos entre uma equipe com o objetivo de elucidar questões específicas. Por ter sido idealizada por um publicitário norte-americano, a “tempestade cerebral” (em tradução livre) apresenta ligação com os segmentos de Publicidade e Marketing. No entanto, ela tem o poder de ajudar pessoas de qualquer nicho, desde que estejam dispostas a pesquisar, discutir ideias e encontrar respostas.

De acordo com Renato Gangoni, CEO da Spin Design, multinacional brasileira que transforma processos corporativos e padrões mentais através de mapas visuais, o brainstorming é benéfico para o ambiente corporativo por ser um canal aberto de encorajamento e integração de uma companhia em prol de um propósito em comum. “Acontece que muitas dinâmicas de brainstorming falham em dar sustentação às ideias que ali surgem. Muitos insights aparecem, mas o que efetivamente será transformado em ação? É por isso que é fundamental enriquecer todo tipo de reunião que busca encontrar caminhos para um problema específico com recursos visuais que apoiem firmemente as resoluções encontradas”, diz o executivo.

Entre as vantagens da técnica, o especialista ressalta os seguintes pontos:

Soluções ágeis – por conta de ser em grupo, as respostas demandam menos tempo para serem desenhadas.

Aproximação entre liderança/equipe – o relacionamento entre líder/equipe é determinante para o funcionamento de um projeto e o brainstorming visual iguala a voz dos profissionais durante a exposição de ideias sem elementos de julgamentos ou interrupções, o que os aproxima.

Clima organizacional positivo – a metodologia incentiva a participação de todos e por consequência melhora o clima organizacional, pois cria nos colaboradores uma sensação de valorização e pertencimento.

Produtividade – o sentimento de valorização criado pelo protagonismo envolvido na técnica, incentiva o profissional a melhorar, expor ideias funcionais e estudar formas de colaborar para o crescimento da companhia.

Evolução da comunicação – um dos desafios nos negócios é a comunicação dos membros. Mas, por meio da metodologia visual a troca de ideias, informações e experiências é imprescindível.

Para saber mais informações, acesse: http://spin.design/br.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here