Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

Obras de contenção de erosão no conjunto Lula entram em fase final

As obras de contenção da erosão de mais de 120 metros que ameaçava o desabamento da rua Siri, no conjunto Cidadão 9, conhecido como conjunto Lula, na zona Leste, entraram na reta final. A Prefeitura de Manaus atua, desde o mês de abril, na revitalização da área, que colocava em risco casas e moradores da região. O local foi vistoriado de perto pelo prefeito David Almeida e pelo vice-prefeito e secretário municipal de Infraestrutura, Marcos Rotta.

Nesta quarta-feira, 2/6, o aterro foi finalizado. Toda a erosão já foi controlada, sendo necessários apenas os trabalhos pós erosão, que é trazer a proteção da drenagem, fazer as escadas hidráulicas e as valetas de proteção, para que a água possa escoar de forma segura.

De acordo com Rotta, o problema pode ter ocorrido por falhas na antiga escada hidráulica (por onde a água é captada das chuvas), que, segundo ele, pode ter sido projetada de forma incorreta, além de ligações irregulares de tubulações. “Nesses casos, o bom funcionamento da escada hidráulica é essencial, porque, com ela, a água vai perdendo a velocidade e é conduzida de forma correta para não provocar a erosão. Quando há desnível no local, é preciso que a água das chuvas seja captada para cair em um igarapé por exemplo, de modo a não causar o problema. Se a água acumular, destrói todo o aterro que foi construído, e aí crateras como essa são formadas”, explicou o engenheiro.

O vice-prefeito disse, ainda, que assim que as equipes da prefeitura entraram na obra, a preocupação era manter a estrutura da rua Siri, para que a cratera não destruísse as casas. “Nós precisávamos urgentemente garantir a segurança dos moradores, por isso fizemos uma contenção lá embaixo, estabilizando a erosão, de forma que a cratera não aumentasse. Em seguida, começamos a fazer a recomposição desse aterro, para garantir a manutenção da largura da rua, evitando que as casas fossem atingidas”, afirmou.

Estrutura

Uma equipe de 40 homens da Seminf trabalha todos os dias com o uso de máquinas escavadeiras, tratores de esteira, rolo compactador, motos niveladoras e retroescavadeiras. Segundo o engenheiro responsável pela obra, com os serviços de drenagem já finalizados, o local não oferece mais riscos de desabamentos, mesmo com as fortes chuvas. Agora terá início a revitalização de toda a rua Siri, com a construção de meio-fio e sarjeta. A obra será finalizada com o asfaltamento em toda a extensão da via.

Alívio

Depois da entrega da obra, será feita a manutenção para evitar novas erosões. Para isso, é necessário um trabalho em parceria entre a Prefeitura de Manaus e os moradores do local. Quem mora no conjunto Lula viveu de perto os transtornos causados por essa cratera. A contadora Tatiane Campos vive no local há seis anos. “Nós estamos muito felizes, porque o prefeito David Almeida e o vice Marcos Rotta vieram aqui, conversaram com a gente e estão fazendo essa obra. Se não fossem esses trabalhos, o barranco teria levado a rua toda e engolido as casas. Os trabalhadores estão aqui todos os dias, e eu só tenho a agradecer”, disse a moradora.

Texto – Mariana Rocha/Seminf

Foto – Mayra Anjos/Seminf

-publicidade-