Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

-publicidade-

Operação ‘Boas Festas’ notifica 16 empresas e fiscaliza mais de 41 mil produtos

No total, foram fiscalizados 402 estabelecimentos na capital e na Região Metropolitana de Manaus

Nesta quarta-feira (15/12), o Governo do Estado, por meio do Instituto de Pesos e Medidas do Amazonas (Ipem-AM), realizou o encerramento de perícia em produtos natalinos e apresentou o balanço da operação “Boas Festas”, com o objetivo de fiscalizar o comércio na zona metropolitana de Manaus.

Ao todo, foram visitados 402 estabelecimentos localizados na capital e na Região Metropolitana de Manaus. Foram fiscalizados cerca de 41.685 produtos, dos quais 314 estavam sendo comercializados de maneira irregular. No total, 16 empresas foram notificadas.

“Neste ano, 2020, em face a uma grande campanha que fizemos, não encontramos irregularidades nos produtos alimentícios envolvidos no Natal. Mas, mais uma vez, dos produtos em relação à segurança, sendo esse muito pior, pois além de atingir a parte econômica, também é um risco à vida. Produtos fora dos padrões estabelecidos pelo Inmetro, como é o caso das luminárias e dos pisca-piscas, que são bastante utilizados nesse período”, avaliou o diretor-presidente do Ipem, Márcio André Brito.

A ação teve início no dia 26 de novembro. Durante a fiscalização foram verificados o peso, quantidade e qualidade de produtos pré-medidos como panetones, frutas cristalizadas, peru, chester e vinhos. Já na área de avaliação de conformidades foram fiscalizados brinquedos, bicicletas, luminárias e pisca-piscas.

Para o diretor-presidente, é fundamental que os consumidores atentem ao selo de segurança nos produtos durante as compras.

“Às vezes as pessoas procuram apenas o produto mais barato, e o que nós orientamos é que façam essa combinação de um produto mais em conta, justo, mas que tenha o selo do Inmetro e tenha segurança”, orienta Brito.

Mesmo com o fim da ação, os consumidores podem fazer denúncias por meio da Ouvidoria do Ipem-AM, pelo 0800 092 2020, de segunda a sexta, das 8h às 14h, ou pelo e-mail [email protected]

FOTO: Roberto Carlos/Secom

-publicidade-