Take a fresh look at your lifestyle.

Operação combate o tráfico de drogas, roubos e descumprimento de decreto estadual em Itacoatiara

-publicidade-

A Polícia Civil do Amazonas, por meio da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Itacoatiara (a 176 quilômetros da capital), sob coordenação do delegado Lázaro Mendes, titular da unidade policial, deflagrou nesta quinta-feira (28/01), ação policial que culminou nas prisões em flagrante de Willeson Marinho Rodrigues, de 28 anos, conhecido como ‘Cavalinho’; e Altermisa da Costa Marques, de 30 anos. Com eles as equipes apreenderam cerca de três quilos de entorpecentes e recuperaram objetos roubados.

A autoridade policial informou que o objetivo da operação foi coibir a prática de roubos, furtos, tráfico de drogas e fiscalizar o cumprimento do decreto estadual durante a pandemia da Covid-19. Mendes relatou que, após serem registrados roubos e furtos na última quarta-feira (27/01), no bairro Piçarreira, as equipes seguiram até o local para averiguar a situação.

“Recebemos a informação que naquele bairro funcionava um ponto de venda de entorpecentes, onde encontramos Willeson com uma grande quantidade de oxi e maconha, material para embalo das drogas, R$ 280 em espécie e objetos furtados”, detalhou o delegado.

Em continuidade aos trabalhos, por volta das 17h, os policiais se deslocaram até o beco Stone, bairro do Jauary, conhecido como pela intensa movimentação do tráfico de entorpecentes. “Percebemos uma movimentação em uma casa e realizamos a abordagem, no local prendemos Altermisa com porções de maconha tipo skunk, oxi e cocaína para venda, além de R$ 241”, relatou.

Ainda durante as ações, foram registrados três roubos em pontos distintos do município. Uma denúncia recebida, informava que os aparelhos celulares roubados estavam sendo comercializados no Seringal do Jauary. Segundo Lázaro, os infratores conseguiram fugir e um grupo que estava desobedecendo o decreto governamental, que estabelece medidas de combate à pandemia, foi dispersado.

“Um aparelho celular e um tablet foram recuperados no local e, posteriormente, devolvidos aos donos. Apesar do número da equipe, por conta da pandemia, vamos continuar o combate ao crime no município”, enfatizou o titular da DIP.

Procedimentos – Willeson foi autuado por receptação e tráfico de entorpecentes. Já Altermisa irá responder por tráfico. Após os procedimentos eles irão permanecer custodiados na carceragem da unidade policial à disposição da Justiça.

FOTO: Divulgação/ PC-AM.

-publicidade-