As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!
Governo Carnaval

Operação Lei Seca flagra mais de 30 motoristas dirigindo embriagados em Manaus

Campanha Síndromes

No total foram abordados 1.120 motoristas em todas as zonas da capital

O Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) participou da mobilização nacional contra o uso de bebida alcoólica por motoristas, neste final de semana. As ações começaram na noite de sexta-feira (12/1) e se estenderam até a madrugada desta segunda-feira (15/1). As operações marcam o início das ações do calendário de mobilização nacional, que tem como meta diminuir os índices de acidentes decorrentes da combinação álcool e direção.

Em Manaus, a operação contou com um efetivo de 36 agentes de trânsito do Detran-AM, em parceria com as policias Civil e Militar. Durante as abordagens foram realizados 1.090 testes com o etilômetros, 32 motoristas foram flagrados dirigindo embriagados, seis tiveram a prisão efetuada. Ao todo, 231 autos de infração foram emitidos, entre as principais infrações detectadas estão: licenciamento em atraso, condução de veículo sem posse da Carteira Nacional de Habilitação, entrega de veículo a pessoa não habilitada, veículos em mau estado de conservação e motociclistas sem equipamentos de segurança ou uso inadequado de calçado.

Outro dado que chamou atenção durante as blitzes realizadas neste fim de semana, foi a quantidade de pessoas não habilitadas conduzindo veículos.

Fórum Operação Lei Seca – Para dar início às ações do calendário de mobilização nacional do Fórum Permanente das Operações Lei Seca, foi realizada uma grande ação de fiscalização no trânsito envolvendo as operações Lei Seca de 17 estados do Brasil e a Polícia Rodoviária Federal (PRF), entre sábado (13/1) até a madrugada desta segunda (15/1). Durante a mobilização, foram abordados 10.993 motoristas. Deste total, 1.037 motoristas com sinais de embriaguez foram tirados das ruas.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o trânsito mata 47 mil pessoas por ano no Brasil e deixa 400 mil com alguma sequela. Estes dados colocam o Brasil em 4º lugar no ranking de acidentes nas Américas, atrás da República Dominicana, Belize e Venezuela. Um estudo desenvolvido pelo Centro de Pesquisa e Economia do Seguro (CPES), da Escola Nacional de Seguros, apontou que a Lei Seca salvou 41 mil vidas desde 2008 e poupou ao país mais de R$ 550 bilhões, ao evitar perda de produto e renda. A mobilização nacional foi idealizada com o objetivo de reforçar a necessidade de mudanças de hábitos que geram maior segurança no trânsito.

FOTO: Divulgação