A Polícia Civil do Amazonas por meio do Departamento de Polícia Metropolitana (DPM), deflagrou na manhã de hoje (28), a operação “Pilar de Defesa”, com o objetivo de desarticular o tráfico de drogas na Zona Leste de Manaus. A operação policial resultou na prisão de 16 pessoas em cumprimento a mandado de prisão.

O nome foi escolhido em alusão aos três meses de investigações para combater o comércio de entorpecentes naquela região da cidade e de outros crimes como roubo, furto e homicídio.

A operação coordenada pelo Diretor de Polícia Metropolitana, Delegado Emerson Negreiros, teve início ainda na madrugada desta sexta-feira (28) e contou com a atuação de um efetivo de 60 Policiais Civis e oito Delegados de polícia, além de ter mobilizado todos os Distritos Integrados de Polícia (Dip’s) da Zona Leste da capital.

Foram presos Moisés Menezes da Costa, Adriano Ramos Takafaz, Joabi Farias de Matos, Erick Souza de Souza, Elismar Justino da Silva, Antônio Cardoso dos Santos, Ângelo Antônio Soares de Oliveira, Mikael Rodrigues Santos, Thiago Andrade Souza, Eder Moreno Moraes, Reginaldo Martins Chaves, Renato Prado dos Santos e Jorge Elionay de Jesus Carneiro. Também foram presas três mulheres por envolvimento com tráfico de drogas, latrocínio e uso de documento falso. São elas, Maria Consuelo do Carmo Silva, Cláudia de Oliveira Coelho e Vanessa Chau da Silva.

De acordo com as investigações, a grande proporção de drogas que era armazenada nas diversas áreas da Zona Leste, seria distribuída à todas as outras zonas da cidade durante a movimentação de final de ano, e também alimentaria inúmeros pontos de comercialização de entorpecentes.

O coordenador da operação, Delegado Emerson Negreiros ressaltou o saldo positivo das investigações. “Foram 90 dias de intensos trabalhos investigativos e o nosso maior foco era a desarticulação do tráfico na zona que mais alimenta a cidade com entorpecentes, a Leste. Cumprimos a missão com mérito e as expectativas foram superadas. Diminuindo a violência nós diminuímos as taxas de homicídio e reprimimos o tráfico”, destacou o Diretor de Polícia Metropolitana.

Foram apreendidos ainda 40kg de maconha, 318g de oxi, três revólveres calibre 38, 25 munições, 14 trouxinhas de cocaína em pó, uma motocicleta com placa adulterada, duas tv’s LCD e R$ 250 em dinheiro. Todo o material será encaminhado à perícia da Polícia Civil.

Todos os 16 presos na operação “Pilar de Defesa” continuam nas celas da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), onde serão autuados nos crimes de tráfico de drogas, homicídio qualificado, posse ilegal de arma de fogo de uso restrito e falsidade ideológica. Após os procedimentos legais cabíveis, serão recolhidos à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde ficarão à disposição da Justiça.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here