As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Ouro, prata e bronze para o Brasil, que tem medalha inédita no halterofilismo

Medalha de ouro para o Brasil no revezamento 4 por 100 do atletismo, na classe para atletas com deficiência visual. Daniel Silva, Diogo Ualisson, Felipe Gomes e Gustavo Araújo venceram a prova com o tempo de 42 segundos e 37 centésimos. E ainda bateram o recorde paralímpico. A prata ficou com a China e o bronze, com o Uzbesquistão.

O baiano Evânio Rodrigues garantiu um resultado histórico para o Brasil nesta terça-feira (13). O atleta conquistou a primeira medalha do país no halterofilismo paralímpico. Evânio ganhou a prata ao levantar 210 quilos. O ouro foi para Mohammed Khalaf, dos Emirados Árabes, que ergueu 220 quilos.

Medalha de prata para Mateus Evangelista no salto em distância para paralisados cerebrais. O brasileiro chegou a bater o recorde mundial, com a marca de 6 metros e 53, mas foi desbancado pelo adversário da China, que marcou 6 metros e 77 e acabou levando o ouro.

Edson Pinheiro conquistou o bronze nos 100 metros rasos para paralisados cerebrais, com o tempo de 11 segundos e 26 centésimos. Essa é a primeira medalha do atleta, que participou das Paralimpíadas de Pequim, em 2008, e de Londres, em 2012. O chinês Hu Jianwen quebrou o recorde mundial e ficou com o ouro, desbancando o bicampeão Evan O´Hanlan, da Austrália, que levou a prata.

No futebol de 5, Brasil e Irã terminaram a partida no zero a zero. As duas seleções já estavam classificadas para as semifinais do torneio e, com o resultado, os brasileiros assumiram a liderança do Grupo A. Os adversários dos dois times vão ser definidos ainda hoje, depois do jogo entre a Argentina e a China.

Com vitória tranquila, o Brasil passou pela Holanda no vôlei sentado e venceu a partida por 3 sets a 0. A seleção está garantida na semifinal como líder do Grupo A e espera a decisão do adversário, com a rodada do Grupo B, que acontece na quarta-feira (14).

Atual campeã mundial de goalball, a seleção masculina do Brasil passou invicta pela primeira fase do torneio. Nesta manhã, derrotou a Alemanha por 10 a 4, garantindo a liderança do Grupo A. Nas quartas de final, o Brasil enfrenta o quarto colocado do Grupo B. A definição acontece ainda nesta terça. Vitória brasileira também no goalball feminino. A seleção venceu por 10 a 0 a adversária Argélia.

Seis brasileiros disputam finais da natação, que acontecem a partir das cinco e meia da tarde. Talisson Glock nada nos 400 metros livre. Ruiter Silva, nos 50 metros livre. Mariana Ribeiro está na final dos 100 metros livre e Verônica Almeida nada pelo pódio nos 200 metros medley. André Brasil e Phelipe Rodrigues disputam a final dos 100 metros livre. As finais são realizadas no Estádio Aquático.

Os atletas paralímpicos já quebraram mais de 140 recordes na Rio 2016, na natação, no atletismo, no ciclismo e no halterofilismo.