Amazonas Notícias

Pan-americano no México: seleção amazonense de basquete 3×3 estreia com vitória

Atletas são membros do Projeto Amazonas nas Olimpíadas de Paris 2024 e representam o Brasil pela primeira vez

A equipe de basquete 3×3 do Amazonas teve uma estreia brilhante no Pan-Americano Universitário de Basquete, no México, com duas vitórias consecutivas na fase de grupos. Venceu o Peru por 22 a 12 e o México por 21 a 13. Como único representante do Brasil no campeonato, o time busca o título internacional e conta com o apoio do Governo do Amazonas por meio do Projeto Amazonas nas Olimpíadas de Paris 2024.

“O Amazonas vive um novo momento para os esportes olímpicos, e no basquete 3×3 não poderia ser diferente. Com os investimentos feitos pelo governador Wilson Lima, o time amazonense representa o Brasil nessa competição, no México. Ficamos felizes com a estreia vitoriosa e esse resultado é mais um passo para o caminho das Olimpíadas de 2024”, destacou o titular da Secretaria de Estado do Desporto e Lazer (Sedel), Jorge Oliveira.

Capitão do time, Victório Cestaro, de 23 anos, afirma que o apoio recebido foi essencial para a competição. “É nossa primeira competição internacional e a única equipe da região norte a representar o Brasil, temos uma responsabilidade grande, estávamos ansiosos, mas mantemos a concentração e dominamos a partida. Estamos felizes e gratos ao Governo do Amazonas com o apoio das passagens aéreas, que nos possibilitou estarmos aqui representando o Brasil, vamos continuar dando o nosso melhor”, ressaltou.

O Amazonas está no Grupo 2 no Pan-Americano Universitário de Basquete e nesta quinta-feira (06/07) enfrenta equipes do Chile, Equador e México. Na sexta-feira (07/07) começam as fases finais da disputa que vale vaga para os Jogos Mundiais Universitários de Verão, que acontecem em julho em Chengdu, na China.

A equipe garantiu a classificação para o Pan-Americano, após ser destaque nos Jogos Universitários Brasileiros (JUBs) de Praia, em São Luís (MA). O time amazonense é formado pelos atletas Victório Cestaro, ala/armador; Carlos Guilherme Rebelo, pivô; Vinicius de Lima, ala/pivô e Jeisrael Bentes, ala; e Francisco Mady, armador. Com dois anos atuando juntos, os atletas vêm fazendo história na modalidade.

FOTO: Mauro Neto e divulgação/Sedel

Relacioandos