O campeão da chave dos irreverentes do ano passado, o bloco Pantera Cor de Rosa trouxe a rainha Valentina Brunelli esbanjando charme e cadenciado na sua apresentação em cima do tema de personagens em quadrinhos. O bloco aglomerou uma multidão na passarela do palco alternativo, arrancando aplausos.

O presidente do bloco Adriano Aguiar, junto de seu irmão Adelino Aguiar foram os puxadores da marchinha do bloco com muita animação e interação dos foliões. Adriano diz que o bloco Pantera Cor de Rosa é o carnailha de rua, o bloco do povão.

O folião Roberto Costa tem sua preferência pelo bloco Pantera Cor de Rosa e diz que o Carnailha estava “tudo de bom” “A festa ta top, principalmente o meu bloco Pantera Cor de Rosa”, disse Roberto.
OS HIPPIES

Os Hippies do folclórico Ocivaldo Santos, o Codó, não trouxe os seus anões para o palco alternativo, mas trouxe o próprio Codó como rainha. Embora não gay, Codó tentou esbanjar simpatia e irreverencia.

O folião Berlando Martins, foi fantasiado de tartaruga ninja para dar mais alegria e diversão ao lugar. Berlando diz que o figurino é em homenagem a ele mesmo, que desde sua infância tem o apelido de jabuti e este ano resolveu ir a caráter ao Carnailha. “Se for para inovar, vamos inovar, a prefeitura de Parintins esta de parabéns pelo incentivo”, disse o folião.

OS PIRATAS

Prestando uma homenagem ao grupo “Mamonas Assassinas” o bloco Os Piratas, do bairro de Palmares, encerrou a primeira noite do Carnailha, alegrando o público com musicas do grupo que fez sucesso entre jovens, adultos e crianças na década de 90. O bloco contagiou a todos com muita irreverência e animação. A rainha Morrana Ckarkson brilhou no palco alternativo com muito samba no pé e rebolado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here