Amazonas Notícias

Parceria científico-social entre Hemoam e UEA mobiliza estudantes para coleta de sangue

A Fundação Hospitalar de Hematologia do Amazonas (Hemoam) realizou, nesta quinta-feira (25/05), uma coleta de sangue itinerante na Escola de Ciências da Saúde, da Universidade do Estado do Amazonas (ESA-UEA). A ação aconteceu com a unidade móvel e recebeu apoio do projeto “Acadêmicos do Vampirão”, que põe em prática o conhecimento técnico de alunos finalistas dos cursos de enfermagem, medicina e odontologia na coleta de sangue.

“É uma parceria científico-social e vejo como positiva. É um aprendizado muito valioso, daquilo que não se vê em sala de aula, e sim em uma prática efetiva. O ciclo do sangue é um mundo fascinante”, disse Graciela Chavez, enfermeira do Hemoam e professora da UEA, responsável pelo projeto de extensão. 

A professora destacou também que o envolvimento dos estudantes somam esforços fundamentais no acolhimento e triagem dos doadores e, principalmente, quando acontece alguma intercorrência no processo de coleta com esse doador.

De janeiro até agora, os alunos do projeto já participaram de 43 campanhas de coletas itinerantes junto com o “vampirão”. Além de atuarem engajados na parte técnica da coleta, os finalistas também se envolvem na mobilização de doadores. Na ação realizada na ESA, foram mais de 60 alunos mobilizados para a doação de sangue.

A estudante de enfermagem, Gisele Colares, destacou que está entusiasmada com o projeto. “A gente não tem essa noção de como é ser enfermeira dentro do processo de doação e você vê que o enfermeiro tem o protagonismo nesse processo, porque é a gente que faz a entrevista, dá orientações, acompanha o doador durante, na supervisão, na gerência e no pós-doação”, comentou.

Foto: Rúbia Braga/Hemoam

Foto1/Legenda: Alunos finalistas atuam na prática sobre o processo de coleta de sangue

Foto2/Legenda: Acadêmica faz triagem de doadores pré-doação de sangue

Foto3/Legenda: Projeto já participou de 43 coletas de sangue com o Vampirão

Relacioandos