Encontro ocorreu na sede do Sebrae/AM. A partir dos assuntos abordados, as equipes técnicas de cada órgão deverão definir quais e quando deverão ocorrer as primeiras ações

O presidente do Conselho Deliberativo Estadual do Sebrae no Amazonas (CDE/AM), Muni Loureço, e o secretário de Estado de Cultura do Amazonas, Marcos Apolo Muniz, reuniram-se, nesta segunda-feira (28), para discutir parcerias que deverão resultar em apoio técnico e especializado do Sebrae/AM para empreendedores do segmento cultural e artístico.

Na prática, a partir da reunião ocorrida, as ações deverão incluir a realização de oficinas, palestras, cursos e seminários voltados ao desenvolvimento de características empreendedoras para músicos, artista de um modo geral e produtores culturais. De acordo com Muni Lourenço, a expectativa é de que a parceria possa beneficiar inclusive empreendedores no interior do Estado.

“Com base numa conversa que tivemos com o governador Wilson Lima, percebemos que a intenção do governo de diversificação econômica converge com a nossa proposta de interiorizar cada vez mais os produtos e serviços do Sebrae. E essa parceria com a secretaria de Cultura já é um passo nessa direção”, relatou o dirigente durante a reunião, na qual estiveram presentes, também, a Diretoria Executiva do Sebrae/AM e assessores e técnicos da secretaria estadual de cultura.

Para o secretário de cultura, Marcos Apolo, o setor cultural do Estado tem um grande potencial econômico para gerar emprego e renda, contudo, reforçou, é necessário que os atores culturais sejam capacitados, tanto para fazer a gestão adequada de sua carreira, como para estarem aptos a estabelecer uma relação de mercado com a secretaria e demais órgãos de forma qualificada e empresarial. “Percebemos que existem muitos artistas que trabalham de forma autônoma, sem possuir, por exemplo, um CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica) e esse fator inibe e impede certas contratações para eventos e iniciativas culturais. Acreditamos que o Sebrae pode ser um importante parceiro para nos ajudar a qualificar mais e preparar esses profissionais para o mercado”, revela.

O secretário finalizou, reforçando que gostaria do apoio em capacitações do Sebrae/AM inclusive para o treinamento de servidores da pasta. A partir de reunião ocorrida, Marcos Apolo disse que iria, junto com sua equipe, fazer um levantamento de necessidades com o público interno da secretaria e artistas para verificar quais capacitações deverão ser ministradas pelo Sebrae/AM.