Amazonas Notícias

Parintins 2019 – Espaço acessível democratiza acesso ao Festival

O local oferecido pela Seped, com apoio da SEC, ofereceu visão privilegiada para as apresentações dos bumbás na arena

A Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Seped), com o apoio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC), deu a oportunidade para que cerca de 100 pessoas com deficiência tivessem acesso ao Bumbódromo, para assistirem ao 54º Festival Folclórico de Parintins.

Com o lema ‘Que a inclusão vire rotina’, usuários de cadeiras de rodas, surdos, pessoas com mobilidade reduzida, dentre outros tipos deficiências, puderam vibrar e torcer por Caprichoso e Garantido, nos dias 28, 29 e 30 de junho.

Para a secretária da Seped, Viviane Lima, o Amazonas vive um novo momento para a pessoa com deficiência. De acordo com ela, as PcDs têm prioridade nesta gestão.

“Desde à nossa participação no Carnaval, tudo está sendo feito com muito cuidado e atenção. A Seped está trabalhando em conjunto com a Secretaria de Cultura para que o Festival e muitas outras festividades do Estado sejam cada vez mais inclusivas”, disse a secretária.

A aposentada Cleonice Petillo, de 47 anos, já participou de 10 festivais e, há três anos seguidos, tem usado o espaço acessível. Ela, que teve meningite aos 3 meses de vida, adorou a novidade no espaço: uma plataforma de quase 30 centímetros, que permite melhor visibilidade para quem, como ela, é usuária de cadeira de rodas.

“Eu acho excelente essa iniciativa do Governo. É justa a forma como é feita a inscrição. A oportunidade de virmos acompanhados e sentirmos de pertinho essa emoção é indescritível. Aqui é um dos melhores lugares do Bumbódromo”, disse Cleonice.

Para 2020, os aparelhos de audiodescrição devem estar 100% disponíveis no Bumbódromo, além disso, pretende-se estudar a inclusão de legendas nos telões onde aparecem os intérpretes de libras.

Relacioandos