Amazonas Notícias

Parintins 2023: Espaço Sustentável “Recicla, Galera” engaja população a fazer a destinação correta de recicláveis durante o festival 

A segunda edição do projeto “Recicla, Galera” está trazendo uma nova perspectiva para o 56º Festival Folclórico de Parintins (distante 359 quilômetros de Manaus), combinando música, diversão, consciência ambiental e geração de renda. O projeto tem como objetivo promover um festival mais sustentável, incentivando os moradores locais e os turistas a dar destinação correta aos resíduos recicláveis gerados durante e após o festival.

Uma das iniciativas que está engajando e ganhando adesão da população local e visitantes é o Espaço Sustentável “Recicla, Galera”, que funciona como central de coleta, destinação e triagem dos resíduos. O local começou a funcionar na segunda-feira (26/06) e, por meio de diversas atividades interativas e informativas, demonstra como pequenas ações individuais podem ter um impacto significativo no meio ambiente. Também destaca como os resíduos recicláveis, quando corretamente destinados, podem gerar renda para a população e impactos positivos para o meio ambiente. 

Em três dias de funcionamento já foram coletados mais de 2,4 toneladas de materiais recicláveis – entre plásticos, papel, papelão, vidro e metais. Os materiais foram coletados dos Ecopontos do “Recicla, Galera”. As estruturas funcionam como Pontos de Entrega Voluntária (PEVs) e estão espalhadas por toda a cidade. 

Acesse o mapa com a localização ecopontos no link: http://bit.ly/3NN4BVk.

Localizado na Praça da Liberdade, o Espaço Sustentável “Recicla, Galera” concentra atividades ambientais e uma equipe que fornece orientações sobre a separação correta dos resíduos e a importância da reciclagem. Além de conscientizar e engajar os participantes sobre a gestão dos resíduos, os visitantes são convidados a vivenciar experiências dos espaços temáticos, de exposições e instagramáveis.

O projeto “Recicla, Galera” promovido pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema), e Coca-Cola Brasil, concentra as ações de sustentabilidade tornando-se um dos pilares do Festival de Parintins, ao lado da Cultura e do Turismo. As atividades pensadas e executadas dentro do projeto terão um impacto positivo tanto para o festival quanto para a cidade, de acordo com o secretário de estado de Meio Ambiente, Eduardo Taveira. Uma das metas é destinar cinco toneladas de resíduos para a reciclagem.

“Foi determinado pelo governador Wilson Lima que o Festival de Parintins deste ano pudesse ter uma conexão com a sustentabilidade. A gente sabe do desafio que é para Parintins fazer a gestão de resíduos sólidos, com o aumento do número de pessoas na cidade durante o período. O que nós queremos é entregar um Festival que abrace a causa ambiental tanto nas suas toadas e alegorias como também, e principalmente, na prática do dia a dia da festa, tendo os brincantes, os moradores, catadores e tricicleiros como protagonistas”, destacou o secretário.

 A iniciativa do Espaço Sustentável vai além da coleta de resíduos durante o festival. Ela busca inspirar mudanças de comportamento, conscientizando a população sobre a importância da reciclagem e incentivando práticas sustentáveis também fora do evento. Para a Coca-Cola Brasil, patrocinadora oficial do festival há 27 anos, o “Recicla, Galera” reforça o compromisso da empresa em criar iniciativas que gerem impacto nas comunidades em que atua. 

Além de coletar resíduos durante o festival, a iniciativa do Espaço Sustentável busca inspirar mudanças de comportamento, conscientizando a população sobre a importância da reciclagem e incentivando práticas sustentáveis também fora do evento. O “Recicla, Galera” reforça o compromisso da Coca-Cola Brasil em criar iniciativas que tenham impacto nas comunidades onde atua.

“O projeto é uma iniciativa de impacto positivo para a cidade de Parintins. Juntos, por meio do engajamento da população e da promoção da reciclagem, estamos contribuindo ativamente para a preservação ambiental, a redução dos resíduos e o aprimoramento da qualidade de vida na comunidade. Estamos comprometidos em refrescar o mundo e fazer a diferença, além de criar um futuro sustentável, deixando um impacto duradouro e positivo para o festival e para a cidade”, reforça Victor Bicca, diretor de Relações Governamentais da Coca-Cola Brasil. 

Interação e brindes

Quem visita o Espaço Sustentável “Recicla, Galera” não apenas aprende sobre a destinação correta dos resíduos recicláveis, mas também se diverte e ganha brindes. As atividades são realizadas por agentes da Sema e por universitários voluntários da Fametro, da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) e do Instituto Federal do Amazonas (Ifam), que são parceiros da iniciativa.

O artesão Diego Castro esteve no Espaço. Ele produz móveis com materiais recicláveis e reafirma a importância da iniciativa, para ampliar o engajamento da população à causa. “Esse espaço diversifica o quão importante é o momento não só de se divertir, mas também fazer aquela interação com a natureza, e fazer a reciclagem, não só de latinha ou de plástico, mas também de diversos materiais que nós podemos reutilizar como recursos para que nós possamos gerar emprego e renda não somente aqui na cidade, mas em todo lugar”, ressaltou.

Disputa de reciclagem

O local estará aberto até a noite do dia 2 de julho e conta com outras ações que fazem parte do projeto. Uma delas é a pesagem dos resíduos da disputa entre os itens 19 dos bois. O bumbá da galera que mais destinar corretamente materiais para reciclagem durante os três dias de festa receberá um prêmio de R$ 20 mil para investir em ações de sustentabilidade na agremiação, além do título de Campeão Sustentável do 56º Festival Folclórico de Parintins. 

Para participar das ações, os brincantes receberão na entrada do Bumbódromo uma sacola reciclável para armazenar os resíduos gerados durante o evento. A sacola deve ser descartada ao final de cada noite nos ecopontos localizados na saída das galeras. O resultado final da torcida que mais destinar corretamente os resíduos será anunciado no dia 3 de julho.

Sobre o Recicla, Galera

A ação é coordenada pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema) e executada em parceria com a Impact Hub Manaus; o Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) e a Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa (SEC), junto à Agência Amazonense de Desenvolvimento Cultural (AADC). Também participam a Prefeitura de Parintins, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Sedema), a Tereos Brasil e a Solar Coca-Cola.

FOTOS: Camila Batista/Sema

Relacioandos