Amazonas Notícias

Parintins 2023: Saúde realiza monitoramento de doenças de notificação compulsória durante o Festival Folclórico

Técnicos da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas – Drª Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP), vinculada à Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM), realizam o monitoramento de eventos e notificações de Doenças de Notificação Compulsória (DNC) em unidades de saúde em Parintins (a 369 quilômetros de Manaus), durante o 56º Festival Folclórico de Parintins.

As visitas técnicas e de acompanhamento ocorrem no Hospital Jofre de Matos Cohen e Hospital Padre Colombo, por meio da equipe da Rede Estadual de Vigilância Epidemiológica Hospitalar (Reveh), que integra a FVS-RCP. Até esta sexta-feira (30/06), foram realizadas seis visitas técnicas aos serviços de saúde.

A diretora-presidente da FVS-RCP, Tatyana Amorim, reforça que as ações visam orientar os serviços de saúde. “A medida é para garantir o envio da notificação, em até 24 horas, além dos agravos e eventos, visando o registro em tempo oportuno e subsidiar a tomada de decisões para garantir a saúde pública”, ressalta.

Pela Comissão Estadual de Controle de Infecção em Serviços de Saúde (Ceciss), também integrante da FVS-RCP, as medidas são realizadas para o fortalecimento das ações de prevenção e controle das Infecções Relacionadas à Assistência e as ações de segurança do paciente, na Unidade Básica Fluvial Lígia Loyola e na Unidade Básica de Saúde (UBS) Irmão Francisco Galliani.

“Seguimos realizando as orientações e fortalecimento das ações, também, em relação à biossegurança dos trabalhadores de saúde e enfatizando a importância da higiene de mãos, como medida de destaque para o controle de infecções dentro de unidades de saúde”, destaca Yanna Freire, técnica da Ceciss na FVS-RCP.

Vigilância em unidades de saúde

Pela Vigilância em unidades de saúde, as equipes da Reveh e da Ceciss realizam ações para apoiar os processos assistenciais de identificação de ações de controle e assegurar a segurança dos pacientes e profissionais de saúde, além de reforçar as medidas de segurança no atendimento de pacientes na urgência.

FOTOS: Girlene Medeiros/FVS-RCP

Relacioandos