Amazonas Notícias

Parintins: corpo do professor é encontrado após naufrágio de canoa

Mergulhadores do Corpo de Bombeiros Militar localizaram, na manhã desta terça-feira (12), o corpo do professor Erisson Nogueira, que havia desaparecido após o naufrágio de uma canoa no rio Uaicurapá, em Parintins.

O corpo de Erisson Nogueira foi encontrado em estado de decomposição natural e encaminhado ao Instituto Médico Legal da cidade. Benedito Pimentel, técnico em necropsia, informou que a causa da morte foi “asfixia por afogamento em meio líquido”.

Entenda o Fato:

O jovem professor, Erisson Nogueira da Silva, de 28 anos, que não sabia nadar, desapareceu no rio Uaicurapá após um forte temporal atingir a região, causando o naufrágio da pequena embarcação (do tipo canoa) na qual ele e sua família faziam a travessia do rio. O incidente ocorreu na área entre as comunidades Marauaru e Maranhão, na tarde de domingo (10). Segundo o Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM), uma equipe iniciou as buscas pelo professor na segunda-feira (11).

De acordo com informações, duas crianças e outros membros da família que estavam na canoa foram resgatados por uma lancha que passava no momento do naufrágio.

Em declaração ao Amazonas Notícias, familiares revelaram que o professor Erisson trabalhava na comunidade São José do Laguinho, localizada no município de Juruti (PA), e era muito querido pelos moradores da região.

Relacioandos