O candidato ao governo do Estado pela coligação Renova Amazonas, David Almeida (PSB), reafirmou, nesta quarta-feira (19), em Parintins (a 369 quilômetros de Manaus), o seu compromisso com a educação, o fortalecimento da cultura e do turismo amazonense, fomentado por festas tradicionais, como o Festival Folclórico de Parintins. A declaração do candidato se deu, após ele presidir sessão na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam) pela manhã e viajar, no início da tarde, para o município da região do Baixo Amazonas.

Acompanhado de comitiva, David cumpriu a primeira parte da sua agenda na Vila Amazônia, comunidade rural de Parintins. Recebido com festa, David fez caminhada e reunião com moradores do local. Reconhecido pelos professores, por valorizar a categoria com o pagamento do maior abono da história do Fundeb, no Amazonas, David contou com declarações de apoio à sua candidatura. “Sou muito grato por cada demonstração de carinho e apoio. Juntos, nós iremos escrever uma nova história para nossas famílias”, disse.

A professora Ana Souza, 45, disse que David foi o único governador do Estado a olhar para Educação com respeito aos professores. Ela lembrou que ele, como presidente da Aleam, ajudou na aprovação do reajuste de 27,2% para a categoria, depois de o governo ter proposto apenas 4,57%, no início das discussões. “Aqui estamos vivendo uma manifestação verdadeira. Nós estamos cansados. Queremos mudança com experiência. David tratou com respeito os professores. Ele é jovem, tem disposição e é com ele que a mudança vai chegar”, avaliou.

O candidato lembrou que, ao ter conhecimento de que existia recurso do Ministério da Educação disponível em caixa para pagar o abono da categoria, autorizou imediatamente. Desde 2014, o Fundeb não era repassado aos professores. “Não sabia que cumprir a lei no meu Estado iria fazer a diferença na vida de tanta gente. Valorizar os profissionais da educação, assim como investir em programas que ajudem nossos jovens a terem mais oportunidades, não é promessa, é compromisso nosso”, enfatizou.

Em setembro de 2017, período em que estava à frente do governo, David autorizou pagamento de três parcelas do abono. Só no município de Parintins, foram destinados, aproximadamente, R$ 10,2 milhões, um total que contemplou 1.021 professores e pedagogos da ativa.

David retornou à sede do município no fim da tarde, para dar continuidade à agenda de compromissos. O candidato foi seguido em carreata pelas principais vias da cidade e participou de reuniões com moradores e lideranças. David disse que não passa de boatos a notícia que começou a circular pela cidade e que estava deixando os parintinenses preocupados, assegurando que não vai cancelar o repasse de recursos do governo para realização do Festival Folclórico, que ocorre em todo mês de junho.

Para David, o Festival Folclórico de Parintins, assim como outras festas tradicionais realizadas no interior do Amazonas, como a Festa do Cupuaçu – em Presidente Figueiredo – e o Festribal, em São Gabriel da Cachoeira, é um grande passo para ordenar a cadeia do turismo amazonense como nova matriz econômica, a partir das potencialidades ecológicas, étnicas e culturais.

“Em maio do ano passado, há poucos dias à frente do governo, chamei os representantes dos dois bois-bumbás e anunciamos a liberação de recursos para realização do festival, que em 2016 havia sido cancelado. Colocamos à disposição, também, as secretarias de Cultura, Segurança, Saúde, Detran, e demais órgãos para ajudarem na organização. Iremos continuar investindo na cultura, em Parintins e demais municípios que têm festivais”, garantiu o candidato da coligação Renova Amazonas.

FOTO: Dhyeizo Lemos

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here