Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

PCdoB comemora 93 anos

O Partido Comunista do Brasil (PCdoB) comemorou seus 93 anos de história com uma Sessão Especial no plenário Ruy Araújo da Assembleia Legislativa do Amazonas nesta quarta-feira, 25 de março. A homenagem foi proposta pela deputada estadual Alessandra Campêlo e reuniu dezenas de lideranças dos movimentos de trabalhadores, negros, estudantes, universitários, professores, sindicalistas, mulheres e comunitários.

A parlamentar destacou o papel do partido em defesa da democracia e dos avanços sociais no Brasil nos últimos anos. “Nesses 93 anos de história, é importante ressaltar que o PCdoB sempre lutou pela democracia e, no Amazonas, trabalhamos para melhorar a vida das pessoas. Em âmbito federal, colaboramos com um Governo que melhorou a distribuição e renda e os índices sociais, tirando milhões da linha da pobreza”.

O presidente estadual do partido, Eron Bezerra, aproveitou a oportunidade para reafirmar o apoio ao Governo Federal. “Nossa luta é pela liberdade, pela democracia. Mais recentemente, a favor da Petrobras e do mandato da presidenta Dilma”.

Para Eron, a direita não aceita a derrota nas urnas e tenta tirar o mandato de Dilma na marra, tentando desviar o foco falando em combate à corrupção. “É mentira. Se quisessem ser contra a corrupção aplaudiam o governo que passou a combater o problema desde a eleição do presidente Lula. Ou não havia corrupção antes disso?”, ponderou o ex-deputado.

Embora defenda o Governo, Eron defende as instituições democráticas que trabalham para desvendar a corrupção na Petrobras. “Nós somos a favor da investigação e punição para os culpados. Que isso fique claro. Mas que fique claro também que o que está em jogo é uma tentativa de golpe e de privatização da Petrobras”.

HOMENAGEADOS
Desde o ano passado, o PCdoB instituiu a Comenda João Amazonas, em homenagem aos filiados com 30 anos de militância ininterrupta. Este ano, cinco camaradas receberam a medalha: Antônio Ederval, Nonato Pereira, Sabá Naurino, Graça Hossaime e Walmir Gonçalves. Eron Bezerra foi homenageado pela deputada Alessandra Campêlo com uma placa comemorativa oferecida pelo presidente da Casa, deputado Josué Neto (PSD).

Também participaram da sessão o deputado estadual José Ricardo Wendling (PT) e o secretário geral do PMDB, Miguel Capobiango Neto.

-publicidade-