Take a fresh look at your lifestyle.

Pedro Elias e Evandro Melo voltam ao presídio nesta sexta após Justiça revogar prisão domiciliar

-publicidade-

A Polícia Federal realizou, na manhã desta sexta-feira  (9), novamente a prisão do ex-secretário de Saúde do Estado do Amazonas Pedro Elias e do ex-secretário de Administração e Gestão do Estado do Amazonas, Evandro Melo, que haviam sido presos preventivamente no dia 13 de dezembro de 2017, na deflagração da Operação Custo Político.

Os ex-secretários haviam sido beneficiados com a prisão domiciliar por decisão judicial dada pelo juiz plantonista durante o recesso forense. A prisão de hoje ocorreu em virtude do recurso interposto pelo MPF contra decisão que concedeu a prisão domiciliar.

A decisão  que concedia a prisão domiciliar foi anulada e eles voltam a cumprir pena em prisão comum, em cadeia pública.

De acordo com a Justiça Federal, a prisão domiciliar foi revogada já que não foi identificada nenhuma hipótese prevista na lei que autorizasse a concessão do benefício aos investigados.

A decisão do Tribunal Regional Federal da 1ª Região que havia tornado sem efeito a determinação de retorno dos investigados para a prisão comum era baseada numa questão relativa ao rito processual, que foi devidamente sanada, prevalecendo a decisão do juízo que revogou a concessão de prisão domiciliar.

Os ex-secretários serão encaminhados ao presídio, onde ficarão custodiados sob a responsabilidade do sistema prisional do Estado do Amazonas.

-publicidade-