Em um jogo muito disputado, a Atlética Uninilton Lins conquistou o bi do Campeonato Amazonense de handebol juvenil masculino. Na decisão pela Série Ouro, a equipe venceu o Penarol por 35 a 30, na noite deste sábado, 1º/12, no ginásio do Atlético Rio Negro Clube, avenida Epaminondas, no centro da cidade. A competição é uma realização da Liga de Handebol do Amazonas (Liham).

Na disputa pelo 3º lugar da Série Ouro, a Liga de Santa Etelvina e HCM fizeram uma partida muito equilibrada. No final, depois de muita luta, Santa Etelvina venceu HCM pelo placar apertado de 32 a 31.

Série Ouro

Há 45 anos atuando na modalidade, o auxiliar técnico da Atlética Uninilton Lins, Mercan Gomes Fernandes, contou com total de 20 atletas para chegar ao título máximo. Para ele, foi uma final muito difícil, mas vencida por detalhes.

– Foi um jogo muito parelho e ganhou quem erros menos. A equipe de Itacoatiara é muito forte, eles vieram para ganhar e ninguém queria perder e lutamos até o final. Faltando 25 minutos, mudamos a estratégia da defesa e conseguimos virar o jogo. O destaque para mim foi o André, mas com a ajuda do nosso goleiro que pegou tudo. Esse título é resultado de muito trabalho, dedicação e disciplina – comemorou.

Série Prata

Na outra final do juvenil masculino, pela Série Prata, AA Amazonas e TFS Careiro fizeram uma partida equilibrada e disputada gol a gol. No tempo regulamentar houve o empate em 24 a 24. A definição veio somente na segunda prorrogação com a vitória do TFS Careiro, por 32 a 29.

O treinador do Careiro, Jamir de Carvalho Campos, disse que foi o primeiro título da equipe, na segunda participação no estadual. Segundo o comandante, os atletas são todos alunos da Escola Estadual Tomé Ferreira Santiago, por isso, lutaram muito para conquistar o campeonato.

– Nosso adversário é uma equipe que tem tradição no Campeonato Amazonense. Nós somos considerados um time do interior que não tem base, mas mostramos que temos potencial. Na segunda prorrogação, senti que podíamos ganhar, quando percebi que o time deles estava sem perna, por isso, seguramos nossos atletas para esse momento. Esse título é resultado de muito esforço, porque não temos tradição no handebol em nosso município – disse.

Feminino

Ainda pela Série Prata, mas no juvenil feminino, a equipe do AE Manacapuru conquistou o título da temporada na vitória diante do AA Amazonas por 28 a 25.

Fotos: Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here