Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

Peritos criminais do Amazonas devem ser vacinados após decisão da Justiça Federal

Segundo decisão da 1ª Vara Federal Cível do estado, os peritos devem ser incluídos na lista de prioridade para a imunização, por estarem em exposição ao coronavírus. O pedido foi feito pelo Sindicato dos Peritos Oficiais do Estado do Amazonas, amicus curiae em uma ação movida por órgãos do Ministério Público e da Defensoria Pública. A ação foi ajuizada pelos advogados Sérgio Vieira e Erika Chaparro, do escritório Nelson Wilians Advogados.

Vale lembrar que 23 peritos haviam ficado de fora do plano de imunização por integrarem o chamado “grupo dos expedientes”, e não o “grupo dos plantonistas”. Segundo o sindicato, essa divisão é meramente administrativa e que todos os peritos mantêm contato com peças e fluidos biológicos de cadáveres, incluindo de vítimas da Covid-19.

Diante disso, os advogados argumentaram que “não faz sentido não vacinar os peritos internos, se eles recebem e têm contato com todo o material que vem da rua”. Além disso, “a Justiça entendeu que, na prática, eles estão correndo risco de contaminação porque, além de lidar com todo tipo de material que é recolhido para adentrar na cadeia de custódia, em determinadas ocasiões eles precisam sair dos institutos para analisar o local de um crime, de um acidente ou coletar material para exames toxicológicos, por exemplo”.

-publicidade-