As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Pesquisa Industrial Anual 2013: aumentou a participação do Amazonas no valor de vendas da indústria

Em 2013, a participação do Amazonas no valor total das vendas dos produtos e serviços industriais correspondeu a 3,4%, percentual superior ao observado em 2012 (3,3%). Em relação ao valor de vendas dos produtos, aparelhos de televisão estiveram na liderança, registrando R$ 12,1 bilhões.

Os quatro setores que lideram o ranking de pessoal ocupado concentraram 62,1% do total da indústria amazonense. São eles: fabricação de produtos de informática, produtos eletrônicos e óticos (38,6%), fabricação de outros equipamentos de transporte (14,6%); fabricação de produtos de borracha e material plástico (9,0%) e fabricação de produtos de metal (6,8%).
Número de empresas industriais cresce 11,3% em relação a 2012

Em 2013, havia no Amazonas cerca de 1.267 unidades industriais com cinco ou mais pessoas ocupadas, que empregaram aproximadamente 138,4 mil pessoas, uma média de 130 pessoas por unidade local. O número de unidades foi 19,9% maior que em 2012, quando eram 1.065 mil. Já o pessoal ocupado aumentou 11,3% em um ano (eram 124.354 em 2012).

As empresas do setor industrial apontaram, em 2013, receita líquida de vendas de aproximadamente R$ 86,2 bilhões, lideradas pelo desempenho das empresas com 30 e mais pessoas ocupadas, que concentraram 98,6% (R$ 85,0 bilhão) de participação no total das receitas da indústria amazonense.

O valor da transformação industrial (diferença entre o valor bruto da produção industrial e o custo das operações industriais) foi de R$ 33,9 bilhão. Os custos das operações industriais chegaram a R$ 45,5 bilhão.

Quatro dos 29 setores concentram 62,1% do pessoal ocupado
Em 2013, as atividades com maior participação no total da indústria em termos de pessoal ocupado foram: fabricação de produtos de informática, produtos eletrônicos e óticos (38,6%), fabricação de outros equipamentos de transporte (14,6%); fabricação de produtos de borracha e material plástico (9,0%) e fabricação de produtos de metal (6,8%), esses setores concentraram 62,1% do total de empregos da industria amazonense em 2013.

Aparelhos de televisão estiveram no topo do ranking de valor de vendas em 2013

Em 2013, aparelho de televisão manteve a liderança no ranking dos 12 produtos industriais que mais se destacaram em termos de valor de vendas, ao registrar vendas de R$ 12,1 bilhões, desempenho superior às motocicletas (R$ 7,6 bilhões) e ao de preparações de xarope para a elaboração de bebidas (R$ 7,3 bilhões). Computadores pessoais e portáteis (1,2 bilhão).

Considerando os doze maiores produtos e serviços industriais em termos de valor de vendas, o total das vendas atingiu R$ 30 bilhões em 2013, o que representa 34,70% das receitas de vendas de todas as unidades pesquisadas com cinco pessoas ou mais ocupadas.
Em 2013, aumentou a participação do Amazonas no valor total das vendas

Em termos regionais, a participação do Amazonas no valor total das vendas dos produtos e serviços industriais correspondeu a 3,4%, percentual superior ao observado em 2012 (3,3%). Em 2013 o total das receitas líquidas de venda foi de 80,2 bilhões. E, em 2012 foi de 75,6 bilhões.

Na região Norte, os produtos que se destacaram em termos de valor de vendas foram minérios de ferro em bruto ou beneficiados e televisores. Na região Nordeste, óleo diesel e automóveis, jipes ou camionetas com motor de cilindrada maior que 1.500 cm³ e menor ou igual a 3.000 cm³ foram os destaques. No Sudeste, os produtos com maiores valores de vendas foram óleo diesel e minério de ferro em bruto ou beneficiados. Os produtos que se destacaram no Sul foram automóveis, jipes ou camionetas de cilindrada menor ou igual a 1.000 cm³. Na região Centro-Oeste, carnes de bovinos frescas ou refrigeradas e tortas, bagaços, farelos e outros resíduos da extração do óleo de soja foram os produtos mais representativos em termos de valor de vendas.