Take a fresh look at your lifestyle.

Pesquisadora da FCecon defende tese de doutorado sobre políticas públicas em Oncologia

-publicidade-

A pesquisadora da Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon), Leidiane Mendes Cassiola, defendeu, nesta quinta-feira (12/11), tese de doutorado que aborda a política nacional de câncer no início dos anos 2000 e suas implicações no país. O trabalho é realizado dentro do Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública, da Escola Nacional de Saúde Pública, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz/RJ).

A tese de doutorado “Política nacional de atenção oncológica: formulação, implantação e coordenação federativa” representou um grande desafio, conforme a pesquisadora da FCecon.

“Hoje eu me sinto tendo cumprido um compromisso, porque assumi a responsabilidade de fazer uma análise de um recorte temporal amplo, que foi de 2005 a 2013. O trabalho contribuiu para que tenhamos um retrato do que foi a política de atenção oncológica nos anos 2000 no Brasil, do ponto de vista da ação governamental, e quais foram as implicações dessa política em termos de provisão de serviços dentro do sistema federativo”, disse.

A pesquisadora, que atua na Diretoria de Ensino e Pesquisa (DEP) da FCecon, teve como orientador o professor doutor Nilson do Rosário Costa, da Escola Nacional de Saúde Pública. A próxima etapa do doutorado é concluir a publicação da tese, trabalhando nos artigos relacionados.

A expectativa da pesquisadora é beneficiar o Amazonas, com ampliações nos estudos relacionados à Oncologia no estado.

“Tenho o objetivo de contribuir mais daqui para frente com a política de câncer dentro do Estado do Amazonas, fazendo parcerias com outros pesquisadores e com nossos alunos daqui da FCecon, contribuindo mais para o fortalecimento da política de câncer no Estado”, destacou Leidiane.

FOTO: Laís Pompeu/FCecon

-publicidade-