As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Piora o déficit do efetivo da Polícia Federal em 2018

Sindicato dos Delegados de Polícia Federal (SINDPF-SP) obteve números oficiais, do mês de dezembro, sobre o efetivo do quadro da PF no país. Atualmente, a Polícia Federal conta com um efetivo de 10.875 policiais, sendo que 1.606 são delegados. Na Superintendência de São Paulo-Capital, que abrange 40 municípios, o efetivo total é de apenas 551 policiais, dos quais 112 são delegados. Os efetivos nas chamadas delegacias descentralizadas paulistas são igualmente reduzidos, como em Araçatuba, com 38 policiais federais; Bauru, 54; Campinas, 124; Piracicaba, 35; Presidente Prudente, 40; Ribeirão Preto, 62; São José do Rio Preto, 59; São José dos Campos, 53; Sorocaba, 67; e Santos, 107. Em algumas delegacias, o efetivo é ainda menor, como em São Sebastião, com apenas 18 policiais federais, Cruzeiro, 22, e Jales, 23.

Em 2018, somente em aposentadorias, o déficit do quadro nacional foi de 300 profissionais, entre eles, 52 delegados de polícia. Números coletados em janeiro deste ano já apontavam para uma falta de 4.010 cargos no efetivo da PF, sendo 628 delegados, 107 peritos criminais, 2.242 agentes, 917 escrivães e 116 papiloscopistas.

O SINDPF-SP preocupa-se quanto aos números alarmantes e espera que o novo Governo autorize com urgência a ampliação das vagas do concurso em andamento – com aproveitamento de todos os candidatos que forem aprovados – para que esta carência de policiais possa ser sanada o mais breve possível e tanto os profissionais na ativa, quanto a população, não venham a sofrer com o déficit.

“Estes cargos vagos, além de sobrecarregarem os que estão na linha de frente em jornadas exaustivas de trabalho, acabam prejudicando a capacidade e o potencial de investigação da instituição”, explica Tania Prado, presidente do SINDPF-SP.

você pode gostar também