Take a fresh look at your lifestyle.

‘Plafond’ para crédito fiscal ao investimento sobe para dez milhões

-publicidade-

Fonte – Observador

O primeiro-ministro, António Costa, afirmou que o Orçamento do Estado para 2017 aumenta o ‘plafond’ de cinco para dez milhões de euros no regime fiscal de apoio ao investimento das empresas.

ANTÓNIO COTRIM/LUSA

O primeiro-ministro, António Costa, afirmou que o Orçamento do Estado para 2017 aumenta o ‘plafond’ de cinco para dez milhões de euros no regime fiscal de apoio ao investimento das empresas.

António Costa falava no debate quinzenal, em resposta à líder do CDS-PP, Assunção Cristas, que o desafiou a aprovar a proposta dos centristas de um “crédito fiscal ao investimento”, argumentando que o OE precisa “de um choque, mas não é de consumo, é de investimento”.

“O CDS aparentemente ignora uma das poucas boas medidas do anterior Governo que foi a criação do regime fiscal de apoio ao investimento, e vem procurar duplicar e acrescentar como única coisa nova, algo já consta do programa do Governo e que constará do Orçamento do Estado para este ano”, respondeu António Costa.

O chefe de executivo disse que o Orçamento do Estado, que é hoje entregue no parlamento, vai “aumentar de cinco para dez milhões o ‘plafond’ acessível por parte das empresas no âmbito do regime que já existe, que elas já conhecem”.

-publicidade-