Take a fresh look at your lifestyle.

Plataforma digital quer agilizar atendimento nos PACs, Rede Mulher e Direitos Humanos

-publicidade-

Com intuito de tornar os atendimentos mais rápidos e eficientes nos 11 Pronto Atendimento ao Cidadão (PAC), nas unidades de atendimento à mulher em situação de violência e de direitos humanos, a Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc) vai aderir ao projeto “Meu Amazonas”, plataforma digital unificada dos serviços do Governo do Estado com objetivo de atender a população, via internet, com mais rapidez e eficiência, além de integrar a comunicação entre órgãos públicos estaduais.

A iniciativa tem previsão de ser implementada ainda neste ano. “Vamos mapear os serviços da Sejusc e de outros órgãos do Governo e incluí-los nesse programa de abrangência digital com o intuito de tornar os atendimentos mais eficientes com acesso rápido e desburocratizado. O cidadão poderá conhecer o leque de serviços, tirar dúvidas, fazer agendamento e ter outros acessos, via internet, e, se for preciso, acompanhar o processo digitalmente, até a resolução da demanda”, explica o gestor da plataforma, Paulo Pacheco.

Segundo a titular da Sejusc, Eliane Ferreira, a principal meta da Sejusc é tornar os atendimentos nos PACs e outros serviços do órgão, de excelência no Estado. “Em pouco tempo de gestão, já identificamos e tabulamos em todas as frentes da Sejusc, Os gargalos que impedem que o atendimento atual seja eficiente desde a procura até a resolução. Levantamos como é o ideal para que coloquemos em prática o quanto antes e essa plataforma vem de encontro ao nosso objetivo”, destaca.

FOTO: DIVULGAÇÃO/SEJUSC

-publicidade-