Polícia Ambiental e INPA reintegram sete peixes-bois ao habitat natural

Por volta das 5h, desta terça-feira (20/07), policiais militares do Comando de Policiamento Ambiental (CPAmb), por meio do Batalhão de Policiamento Ambiental (BPAmb), realizaram ação conjunta com equipe técnica do Instituto Nacional de Pesquisa da Amazônia (INPA), na remoção de sete peixes-bois em transportes terrestre e fluvial, para serem reintegrados à natureza, avaliados aptos pelos veterinários e biólogos do INPA para a readaptação.

A participação dos policiais do BPAmb, nesta ação, é parte da parceria entre Polícia Militar e o INPA na defesa e manutenção do meio ambiente, principal meta do CPAmb.

A ação ocorreu após longo período em que os animais, que correm risco de extinção, passaram por tratamentos e cuidados observados pelos técnicos do Instituto. Os sete mamíferos aquáticos amazônicos foram considerados perfeitamente saudáveis para serem devolvidos ao seu habitat natural, na Reserva de Desenvolvimento Sustentável Piauçu Purus (distante 223 quilômetros de Manaus).

O Comando de Policiamento Ambiental (CPAmb) e o Batalhão de Policiamento Ambiental (BPAmb) da Polícia Militar orientam a população que retirar animais em risco de extinção ou no período de defeso, de seu ambiente natural ou praticar caça predatória, configura crime ambiental e os autores estão sujeitos aos rigores da Lei de Proteção ao Meio Ambiente.

Denúncia- A Polícia Militar orienta a população que informe imediatamente ao tomar conhecimento de ações criminosas por meio do disque-denúncia 181 ou pelo 190.

FOTO: Divulgação/PMAM