As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Polícia Civil comemora aniversário da Dema com programação no Cigs

O tema foi “Eu faço parte do Meio Ambiente! E você?”

Nesta sexta-feira (20/09), a Polícia Civil do Amazonas celebrou o 14º aniversário de criação da Delegacia Especializada em Meio Ambiente e Urbanismo (Dema). A abertura do evento aconteceu às 9h, no Centro de Instrução de Guerra na Selva (Cigs), situado no bairro São Jorge, zona oeste de Manaus.

Com o tema “Eu faço parte do Meio Ambiente! E você?”, a comemoração, que segue até às 16h, tem como objetivo alertar a população para que se conscientize quanto a adoção de práticas educativas de proteção ao Meio Ambiente.

Participaram da solenidade de abertura do evento, o secretário de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), coronel Louismar Bonates, o delegado-geral, Lázaro Ramos, o delegado-geral adjunto, Orlando Amaral, a delegada Carla Biaggi, titular da Dema, autoridades da esfera federal, estadual e municipal, além de delegados, investigadores e escrivães da instituição.

Relevância – Na ocasião, o delegado-geral falou da relevância dos trabalhos desempenhados pelas equipes da Dema, na investigação de crimes ambientais.

“Primeiramente agradeço ao público que está presente nesta comemoração do 14º aniversário da Dema. Quero ressaltar a importância desta especializada para o Amazonas, que é visado no mundo inteiro no sentido da preservação ambiental. Nós, como moradores destas terra, precisamos entender a importância do nosso papel como cidadãos, preservando o local em que vivemos”, disse Lázaro Ramos.

Comemoração – Os participantes do evento foram recepcionados ao som da Banda do Exército Brasileiro (EB), bem como, com a entrega de ventarolas e copos temáticos. Ao término da solenidade, com muita harmonia, a banda tocou os parabéns em homenagem a data comemorativa. Em seguida, o público desfrutou do coffee break com doces, salgados e frutas à vontade. Ao todo, alunos e professores de 12 escolas, entre municipais, estaduais e particulares, prestigiaram o evento que segue ao longo do dia.

Programação do evento – Carla Biaggi destacou que o evento foi composto, ainda, por oficinas, exposições, palestras educativas e visitação guiada pelo zoológico do Cigs.

“Preparamos este momento com o intuito de chamar a atenção do público amazonense para a importância da preservação do meio ambiente e todos os seres que o compõem. Para isso, promovemos este momento dinâmico e rico em aprendizado para o público”, afirmou a titular da Dema.

Ainda durante a manhã de atividades foram entregues Certificados de Reconhecimento às autoridades que contribuíram, de forma efetiva, para o surgimento e desenvolvimento da especializada. Outra atração que chegou irradiando alto astral foi o grupo “Garis da Alegria”, composta por agentes da Prefeitura de Manaus, que atuam na conscientização dos cidadãos, quanto aos cuidados com o meio ambiente, por meio de músicas compostas por eles.

Para Isabele Flores, 11, estudante de uma escola particular de Manaus, a oportunidade de participar da comemoração foi recebida por ela com muita alegria e ansiedade para conhecer o espaço e desfrutar do evento proporcionado pela Dema.

“Estou aqui para entender melhor como funcionada a delegacia e também estou na expectativa para visitar novamente o Cigs, pois está é a segunda vez que venho aqui, mas quero conhecer as novidades do espaço”, relatou a criança, com um sorriso.

Surgimento da Dema – A especializada foi criada, oficialmente, no dia 29 de julho de 2005, pelo então delegado-geral Frederico Mendes.

“Ao longo dos anos, a Dema tem valor social de suma importância no Estado. Atuamos, constantemente, para coibir os crimes ambientais, que causam prejuízos à toda sociedade e contamos com o apoio da população nessa causa, que é de todos nós”, pontuou a delegada Carla Biaggi.

Balanço das ações deste ano – Em oito meses, a Dema instaurou 51 Inquéritos Policiais (IPs) para investigar crimes ambientais. No período, 312 denúncias foram investigadas e 229 Termos Circunstanciados de Ocorrências (TCO) foram registrados. Dentre os crimes mais comuns, poluição sonora, desmatamento, pescado ilegal e maus-tratos a animais.

Ao todo, foram realizadas oito grandes operações de fiscalização contra crimes ambientais e apreensões de material ilícito. No último dia 11 de setembro, a Dema deflagrou a operação “Águas Brancas”, no km 35 da AM-010, zona rural de Manaus. Foram constatados crimes de assoreamento de igarapé, desmatamento, queimada e abertura de ramal sem licença ambiental. Seis pessoas foram notificadas para prestar esclarecimentos.

A delegada Carla Biaggi acrescentou que a unidade policial também desenvolve um trabalho conscientização, com campanhas e divulgação de alertas sobre crimes ambientais.

FOTO: Alailson Santos / PC-AM

você pode gostar também