Polícia Civil cumpre prisão preventiva em nome de rapaz envolvido em roubo a motorista de aplicativo

O delegado Aldeney Goes, titular do 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP), cumpriu na manhã desta quarta-feira (7/11), por volta das 10h, nas dependências do Instituto Penal Antônio Trindade (Ipat), mandado de prisão preventiva por roubo majorado em nome do Luan Cordeiro de Matos, 25, envolvido em roubo a um homem de 28 anos, motorista de aplicativo de transporte privado urbano. O crime aconteceu no dia 31 de maio deste ano, no bairro Lírio do Vale, zona oeste da capital.

De acordo com a autoridade policial, no dia do fato a vítima aceitou a solicitação de uma corrida no bairro Lírio do Vale, tendo como destino final o bairro Nova Esperança, na zona oeste da cidade. Na ocasião, uma adolescente de 17 anos, que está sendo procurada pela polícia, além de Jehniffer Barroso Torres, 20, que já foi presa pela equipe do 19° DIP, e Jorley entraram no carro da vítima e, ao chegarem na rua Vale do Pó, no bairro Nova Esperança, anunciaram o roubo e subtraíram o celular e quantia em dinheiro do condutor do automóvel.

“Em seguida, os infratores exigiram que o motorista continuasse a conduzir o carro para que eles efetuassem outros roubos pela cidade e somente depois liberaram a vítima. Ao longo as diligências e, a partir da identificação de Jehniffer e da adolescente, as investigações progrediram. Constatamos, ainda, que Jorley era o responsável em recrutar as mulheres para que elas atraíssem os motoristas de aplicativo, a fim de colocarem os roubos em prática. Dessa forma, representei à Justiça o pedido de prisão preventiva por roubo majorado em nome de Jorley”, informou o delegado.

Conforme Goes, durante os procedimentos foi verificado que Jorley já estava preso no Ipat em razão de outro mandado de prisão pelo mesmo crime. Amais recente ordem judicial em nome do infrator foi expedida no dia 30 de outubro deste ano, pela juíza Andrea Jane Silva de Medeiros, da 5ª Vara Criminal da Comarca de Manaus. O infrator foi indiciado por roubo majorado e irá permanecer preso no Ipat, à disposição da Justiça.

FOTO: Divulgação / Assessoria de Imprensa da Polícia Civil do Estado do Amazonas.