A Polícia Civil do Amazonas através do programa “Delegado Legal” iniciou mais uma ação, ocorrida na última quinta-feira(11), por volta das 8h, na Escola Estadual Eliana Socorro Pacheco Braga, localizado na rua Arino, Conjunto Viver Melhor, bairro Santa Etelvina, Zona Norte de Manaus, e teve como objetivo conscientizar os alunos, que vivem em área de risco, sobre os crimes que são comuns naquele bairro.

Sob a coordenação da Delegada Titular da 4° Seccional da Zona –Oeste, Suely Costa, o programa desta vez, teve como foco além dos alunos, a comunidade trazendo orientações e oferecendo serviços gratuitos.

Durante o evento, tiveram a participação dos delegados: Clodomir Vito Sobrinho, Delegado Titular do 9° DIP, Marcelo Pilar, titular do 13° DIP, João Ferreira Neto, titular da 2° Seccional Zona-Norte.Entre os assuntos abordados, salientaram o combate ao tráfico de drogas, a violência sexual contra menores, prostituição infantil, o papel da família na sociedade, bullying e assédio moral na escola.

Os investigadores, psicólogos e assistentes sociais do projeto “Ame a Vida”, por sua vez, complementaram com orientações de menores que são apreendidos com entorpecentes, as conseqüências, quais os procedimento cabíveis e prevenção.

Segundo a delegada, Suely Costa, naquela região há aproximadamente 55 mil habitantes e mais de 10 mil famílias e somente 1 escola para atender aquela demanda de alunos, que praticamente trazem das ruas direto para a sala de aula todo um comportamento adquirido nelas.

“Nós somos aquilo que queremos ser!” foi um dos assuntos ministrados pela delegada, visando incentivar alunos, da faixa etária de 13 a 15 anos, a buscar sair daquela situação, e alcançar um futuro melhor,através dos estudos

Já o Delegado Titular do 13° Distrito Integrado de Polícia(DIP), Marcelo Pilar, intensifica dizendo que as drogas não levam a nada. “Se você se jogar agora, sua vida será inteiramente jogada fora”, diz o titular.

Na sexta-feira (12) foi realizado uma ação social, onde contou com a participação de diversos órgãos públicos, tais como o Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade(SEMMAS), Manaus Ambiental, Departamento de Polícia Técnico Científica(DPTC), Defensoria Pública Itinerante, ManausTrans, Instituto Técnico Legal(IML), Instituto Wilke Cidade, Programa Galera Nota 10, Ótica Diniz e Conselho Nacional de Entorpecentes(CONEN).

Vários serviços foram disponibilizados a comunidade do habitacional, tais como:expedição de 1° via de documentos, serviços odontológicos, defensoria pública, ação educativa no trânsito, atividades lúdicas, palestras sobre saúde da mulher, exames odontológicos, orientações a líderes comunitários, aferimento de pressão arterial, testes de glicemia, oficinas de pintura facial, prevenção de Doenças Sexualmente Transmissíveis(DST’s) e corte de cabelo.

Neste em especial, contou com a participação do cabeleireiro Wilke Cidade, que falou sobre seu projeto ‘Doe seu cabelo e faça uma mulher feliz’, que tem por objetivo arrecadar cabelos para a confecção de perucas que são entregues a mulheres vítimas de escalpelamentos e câncer.

De acordo com a coordenadora do “Delegado Legal”, a mobilização da escolae da comunidade, é positiva, pois traz para dentro da escola orientações mediantes a esse crimes “O projeto “Delegado Legal” fortalece a parceria da Polícia Civil com a comunidade, e orienta as pessoas a saberem se movimentar na busca de políticas públicas para uma melhora da qualidade de vida” ressalta a titular.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here