Polícia Civil fecha 40 bares na capital por descumprirem ‘Lei Seca’

A Polícia Civil do Amazonas, sob o comando do delegado-geral adjunto, Ivo Martins, e do diretor do Departamento de Polícia Metropolitana (DPM) da instituição, delegado Alessandro Albino, deflagrou, na madrugada deste domingo (28/10), nas seis zonas da capital, simultaneamente, a operação “Lei Seca”, que identificou em 40 estabelecimentos comerciais, entre bares e lojas de conveniência da cidade, o consumo de bebidas alcoólicas, pelos clientes, após a meia-noite.

De acordo com levantamento apresentado pelas equipes que estiveram nas ruas, foram constatadas 13 situações de compra e consumo de bebidas alcoólicas na zona centro-oeste da capital, nove na zona oeste, oito na zona leste, sete na zona norte, duas na zona sul e uma na zona centro-sul.

Para Ivo Martins, a operação foi um sucesso. “O que se pode constatar, durante essa operação, foi uma certa normalidade. Apesar disso, tivemos algumas ocorrências pontuais. Após conscientização, não houve a necessidade de condução ao distrito policial. Refutamos que tudo ocorreu bem, não houve qualquer tipo de resistência”, declarou.

Efetivo policial – Os trabalhos envolveram cerca de 120 policiais civis e foram acompanhados pelo secretário de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), coronel da Polícia Militar Amadeu Soares. De acordo com o titular da pasta, tudo transcorreu dentro da normalidade.

“Iniciamos a partir de meia-noite o cumprimento da Lei Seca, em atendimento à determinação feita pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), fazendo o fechamento de bares e similares onde identificamos o consumo de bebidas alcoólicas. A cidade está tranquila e as equipes irão permanecer nas ruas”, informou Soares.

Portaria – Alessandro Albino destacou que a ação foi desencadeada a fim de assegurar o cumprimento da Portaria Conjunta nº 706/2018, assinada no dia 3 de outubro deste ano, pelo presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM), desembargador João Simões, e pelo então secretário de Estado de Segurança Pública do Estado do Amazonas (SSP-AM), coronel da Polícia Militar do Amazonas Anézio Paiva.

“Essa Portaria Conjunta proíbe o consumo de bebidas alcoólicas em bares, restaurantes, supermercados, mercearias e estabelecimentos similares, bem como em locais abertos ao público no Estado, no horário de meia-noite às 18h deste domingo, dia 28 de outubro, em razão do segundo turno das eleições”, explicou Albino.

Descumprimento – A delegada Ivone Azevedo, titular da Delegacia Especializada em Crimes contra o Idoso (DECCI), coordenou as fiscalizações na zona centro-oeste, área com maior incidência de descumprimento da Lei Seca na madrugada deste domingo. Foram 13 bares nos bairros Alvorada e Redenção.

FOTO: DIVULGAÇÃO