33.3 C
Manaus
quarta-feira, fevereiro 21, 2024

Polícia Civil prende homem condenado a 17 anos de prisão por estupro de vulnerável cometido contra irmãs gêmeas

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e Adolescente (Depca), prendeu, nesta sexta-feira (02/02), um homem, 41, condenado a 17 anos e 6 meses de reclusão por estupro de vulnerável de duas irmãs gêmeas, em 2005. O indivíduo foi preso na rua Jordanesia, bairro Zumbi dos Palmares, zona leste de Manaus.

Conforme a delegada Joyce Coelho, titular da Depca, o caso foi descoberto após as vítimas fugirem de casa, pois não suportavam mais serem abusadas pelo então padrasto, naquela época. Após isso, elas foram para casa do pai e relataram que estavam sendo abusadas sexualmente há cerca de dois anos.

“Elas já tinham contado para a mãe, mas ela não acreditou e chegou a agredir fisicamente uma das filhas. Na época, a genitora falou que saia para trabalhar, passava o dia fora e o autor era quem tomava contas das filhas, e justamente nessas ocasiões que ele praticava os abusos”, disse a delegada.

Segundo Joyce, quando o pai das vítimas tomou conhecimento dos fatos, imediatamente denunciou o indivíduo e um Inquérito Policial (IP) foi instaurado. Apesar de toda espera, a sentença transitou em julgado e o autor foi condenado pelo crime.

Procedimentos

O homem foi condenado à 17 anos e 6 meses por estupro de vulnerável, passará por audiência de custódia e ficará à disposição da Justiça.

FOTO: Erlon Rodrigues/PC-AM.

spot_img