Polícia Federal faz operação em quatro estados contra crimes eleitorais

Para coibir possíveis crimes eleitorais na reta final do segundo turnos das eleições para governador e presidente, a Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (24) a Operação “Olhos de Lince”. A ação é fruto de um trabalho de monitoramento de redes sociais desenvolvido pela PF para identificar os possíveis crimes eleitorais neste período. A iniciativa faz parte das ações realizadas pelo Centro Integrado de Comando e Controle Eleitoral.

Entre os crimes investigados pela PF, estão o de violação de sigilo de voto e de incitação ao crime de homicídio. As ações da Polícia Federal aconteceram nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Pernambuco.

Segundo a própria PF, foram utilizadas técnicas de reconhecimento fácil, como a identificação de características faciais, cicatrizes e manchas, que permitiram a identificação dos suspeitos de uma maneira mais técnica.

Reportagem, Raphael Costa

#Eleições2018