Polícia Federal se policiais civis do Rio protegeram criminosos que mataram a vereadora Marielle

A Polícia Federal vai apurar se houve proteção ilegal a criminosos por parte de policiais civis do Rio de Janeiro no inquérito da morte de Marielle Franco. A verificação será parte da nova investigação aberta pela instituição, na quinta-feira (1º), para verificar a suposta existência de uma organização criminosa que impede a elucidação do assassinato da vereadora e do seu motorista, Anderson Gomes.

De acordo com a ‘TV Globo’, o pedido da abertura de inquérito mostra uma possível “falta de isenção nas investigações” sobre o caso, com base em depoimentos que indicariam um “desvio de conduta de autoridades”.

A solicitação para abertura da nova investigação partiu da procuradora-geral da República, Raquel Dodge, com base em depoimentos colhidos pelos procuradores. Com infomações do Minuto ao Minuto.