Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

-publicidade-

Polícia flagra indivíduo cometendo desmatamento ilegal e apreende 35 metros cúbicos de carvão vegetal

Policiais militares do Batalhão de Policiamento Ambiental (BPAmb), vinculado ao Comando de Policiamento Ambiental (CPAmb), detiveram no domingo (23/05) dois indivíduos e apreenderam 35 metros cúbicos de carvão vegetal de origem ilegal, em ações fiscalizatórias executadas na capital.

Em uma das ações, por volta das 15h, policiais ambientais na viatura 1998, em patrulhamento no perímetro urbano da rodovia AM-010, apreenderam 35 metros cúbicos de carvão vegetal, dispostos em 300 sacos de 20 quilos cada, após abordagem a um caminhão-baú. Foi solicitado o Documento de Origem Florestal (DOF) ao condutor, que porém informou não possuir a documentação, caracterizando-se crime ambiental, conforme o artigo 46, parágrafo único da Lei 9.605/1998. Juntamente com a carga, avaliada em R$ 80 mil, ele foi conduzido ao 6° Distrito Integrado de Polícia (DIP).

Em outra ação, pela manhã, por volta das 10h, policiais da unidade ambiental detiveram um homem e apreenderam uma máquina motosserra, após denúncia feita pelo Linha Direta de corte de árvores em área de mata fechada, na zona oeste. No local, o homem foi abordado e se identificou como proprietário, porém não apresentou nenhuma autorização do órgão ambiental para realizar a supressão vegetal. Ele foi conduzido, juntamente com a máquina motosserra marca Stihl MS 381 2015, n° 369611531, que utilizava, ao 19° Distrito Integrado de Polícia (DIP).

A Polícia Militar, por meio de seu Comando e Batalhão de Policiamento Ambiental (CPAmb) e BPAmb, esclarece que expor à venda, ter em depósito, transportar ou guardar madeira, lenha, carvão ou outros produtos de origem vegetal, sem licença válida para todo tempo da viagem ou do armazenamento, outorgada pela autoridade competente, configura crime ambiental, sujeitando seu(s) autor(es) às penalidades previstas na lei.

FOTO: Divulgação/PMAM

-publicidade-