A Polícia Militar do Amazonas (PMAM) deflagrou, na tarde desta segunda-feira (25/02), uma operação policial para desobstrução de vias na invasão Monte Horebe, localizada no Residencial Viver Melhor, bairro Lago Azul, Santa Etelvina, zona norte. Durante a ação, três homens foram presos com um fuzil 556, uma espingarda calibre 12 de fabricação caseira, uma porção de entorpecentes e balança de precisão. Barricadas instaladas para impedir o acesso de carros foram retiradas.

Os três infratores foram conduzidos ao 6º Distrito Integrado de Polícia, localizado na Cidade Nova, zona norte. A ação foi coordenada pelo Comando de Policiamento de Área (CPA) Norte e envolveu policiais militares da Força Tática, Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam) e o Corpo de Bombeiros.

Segundo o comandante da 26ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), major Bruno Pereira, a ação foi uma resposta rápida à colocação de barricadas na entrada da ocupação irregular para impedir a circulação de veículos, o que também dificultava a entrada da polícia. Seguindo determinação do secretário de Segurança, coronel Louismar Bonates, e do comandante-geral da PM, coronel Ayrton Norte, a ação foi deflagrada, com a coordenação geral do comandante do CPA Norte, tenente-coronel Keliton César de Souza.

Ao todo, 12 viaturas do CPA Norte, composto pela 13ª Cicom, 15ª Cicom e 26ª Cicom, duas viaturas da Força Tática e uma equipe do Corpo de Bombeiros se deslocaram até à invasão.

De acordo com o major Pereira, foi realizada a desobstrução de duas vias dentro da comunidade, sendo uma principal e outra secundária. As equipes Rocam e Força Tática fizeram a saturação a pé em toda invasão. Não houve nenhum tipo de confronto com a comunidade.

“Realizamos a desobstrução das vias, deixando claro que é o poder público, o Estado que detém a força e não a criminalidade. Não existe um local no qual a polícia não entre”, afirmou o major.

FOTO: DIVULGAÇÃO/PMAM