Seguindo as diretrizes do programa GuardiAM 24 horas, a Polícia Militar começa a adotar estratégias semanais para o combate à criminalidade em Manaus. Com base nas ocorrências registradas e nas denúncias recebidas pelo sistema de segurança, os Comandos de Policiamento de Área (CPAs), responsáveis pela coordenação do trabalho policial nos bairros, vão montar ações e operações repressivas direcionadas às áreas vermelhas de cada ponto da cidade.

“Serão intensificadas as ações, abordagens e incursões nos locais de maior quantidade de roubo, furto e homicídio. Vamos trabalhar com o fator surpresa, juntando equipes maiores para adentrar locais mais problemáticos e denunciados pela sociedade, trabalhando exatamente na chamada mancha criminal”, ressalta o comandante de Policiamento Metropolitano da PM, coronel Disney Brilhante.

Nesta terça-feira (18/09), o novo comandante do CPM reuniu os comandantes operacionais das seis zonas da capital, Batalhão de Trânsito, Guardas e Força Tática para alinhar as ações. O encontro aconteceu no auditório do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), no Petrópolis, zona centro-sul. “O foco é motivar os policiais e replicar as boas práticas”, disse Brilhante.

O trabalho policial mais ofensivo vai ser desenvolvido a partir dos relatórios e mapas criminais de ocorrências gerados pelo Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops) e Secretaria Executiva Adjunta de Inteligência (Seai). Denúncias feitas ao disque-denúncia da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), o telefone 181, também serão incorporados. “A tendência é de verificar o problema e resolver de pronto. Essa é a orientação do nosso secretário extraordinário, coronel Walter Cruz, e estamos alinhados nesse comportamento policial, buscando o resultado através das informações e orientações”.

Uma das principais ações em implementação pelo GuardiAM 24 horas é o fortalecimento da integração do sistema de segurança, com aprimoramento da rotina de trabalho e a inclusão e desenvolvimento de tecnologias para o combate à criminalidade. Coordenado pelo coronel Walter Cruz, o programa é oriundo da consultoria da Giuliani Security e Safety.

Segundo o comandante do CPM, nos próximos dias, policiais que estavam em setores administrativos da Polícia Militar serão deslocados para o trabalho nas ruas, aumentando a atividade preventiva e repressiva. Nessa nova dinâmica, os comandantes terão de reformular o plano de atuação policial pelo menos uma vez por semana.

“Fazer fator surpresa nos ônibus, nos táxis, nos carros de modelos comumente mais roubados e furtados. Centralizar viaturas com locais de maior problema para reduzir os crimes. A cada semana, se houver migração desses pontos, vamos acompanhar. Faremos o levantamento dos índices e probabilidades semanalmente”, disse Brilhante.

FOTO: DIVULGAÇÃO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here