Polícia prende autônomo por descumprir medida protetiva e ameaçar ex-companheira

A Delegacia Especializada em Crimes contra a Mulher (DECCM), cumpriu, na manhã desta terça-feira (18/09), por volta das 9h, mandado de prisão preventiva por descumprimento de medida protetiva e ameaça, em nome de um autônomo de 40 anos. Conforme a delegada Débora Mafra, o homem perseguia e intimidava a ex-companheira dele, uma mulher de 40 anos, por não aceitar o término do relacionamento. O infrator foi preso na rua Franz Schubert, bairro Flores, zona centro-sul da capital.

“A vítima já possuí duas medidas protetivas de urgência contra o ex-companheiro, após ele agredi-la fisicamente e quebrar objetos da casa dela. Mesmo ciente das medidas protetivas, nos dias 7 e 14 de agosto deste ano, o homem continuou a perseguir e ameaçar a mulher. Segundo testemunhas, ele chegou a oferecer R$ 8 mil reais para que a matassem”, explicou a titular da DECCM. De acordo com Mafra, a vítima conviveu com o infrator por seis anos e estão separados há seis meses. A vítima tem uma filha de três anos com o infrator.

Conforme a autoridade policial, o mandado de prisão preventiva por descumprimento de medida protetiva e ameaça em nome do infrator, foi expedido no dia 14 de setembro deste ano, pela juíza Careen Aguiar Fernandes, no Plantão Criminal. A delegada destacou que o homem foi encontrado pela equipe de investigação da DECCM, em um lava à jato, onde o infrator é proprietário.

Ao término dos procedimentos cabíveis na unidade policial, ele será encaminhado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde irá permanecer à disposição da Justiça.

FOTO: Divulgação