Polícia prende caseiro denunciado por estuprar filha dos patrões em Manaus

A Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca) cumpriu na tarde desta quarta-feira (31/10), por volta das 14h, mandado de prisão temporária em nome de um caseiro de 35 anos, denunciado por estuprar a filha dos patrões dele, uma criança de 10 anos. A ação é da delegada Joyce Coelho, titular da especializada.

De acordo com a autoridade policial, a ordem judicial em nome do infrator foi expedida no dia 30 de outubro deste ano, pela juíza Luciana da Eira Nasser, no Plantão Criminal. A prisão foi efetuada na propriedade dos pais da vítima, onde o infrator morava e trabalhava como caseiro, na Comunidade Tarumãzinho, bairro Tarumã, zona oeste da capital.

“No último dia 25 de outubro a vítima relatou o estupro para uma tia dela. A garota informou, ainda, que os abusos vinham acontecendo há dois anos, na própria residência da família. O infrator se aproveitava da confiança da família para tocar libidinosamente na criança e tentar manter relações sexuais com ela”, explicou a titular da Depca.

Segundo Joyce Coelho, considerando a gravidade dos relatos, a autoridade policial representou à Justiça o pedido de prisão temporária em nome do infrator. O caseiro foi indiciado por estupro de vulnerável. Ao término dos procedimentos cabíveis na Depca, ele será levado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde irá permanecer à disposição da Justiça.

FOTO: Divulgação / Assessoria de Imprensa da Polícia Civil do Estado do Amazonas.