Polícia prende em Manaus vendedor ambulante procurado por latrocínio tentado

A Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Manacapuru, sob o comando do delegado Rodrigo Torres, titular da unidade policial, cumpriu na tarde de segunda-feira (5/11), por volta das 15h, mandado de prisão preventiva por latrocínio tentado em nome do vendedor ambulante Oziel Silva de Souza, 34.

De acordo com a autoridade policial, na madrugada do dia 15 de julho deste ano, a ex-companheira do infrator, uma mulher de 30 anos, estava em uma festa em Manacapuru quando Oziel se aproximou dela e, portando uma chave de fenda, a ameaçou de morte e a obrigou ir até a casa dele, na rua Alvarães, bairro Figueirinha, naquele município, onde ele desferiu cinco golpes na vítima, utilizando a ferramenta, subtraiu a motocicleta e o aparelho celular dela e, em seguida, empreendeu fuga.

“A vítima nos relatou que Oziel não se conformava com o término do relacionamento deles. A mulher, na época, foi socorrida e conduzida ao Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto, em Manaus, onde foi submetida a procedimentos cirúrgicos. Atualmente, ela é acompanhada por fisioterapeuta para recuperar os movimentos perdidos”, explicou o delegado.

Conforme a autoridade policial, Oziel foi preso nas proximidades da Feira da Panair, bairro Educandos, zona sul de Manaus. Segundo Torres, por meio das investigações, o policiais civis da DIP de Manacapuru tomaram conhecimento de que o infrator estava se escondendo no estado do Pará e que, no início deste mês, teria retornado a Manaus, onde estava atuando como vendedor ambulante na Feira da Panair.

A ordem judicial em nome do vendedor ambulante foi expedida no dia 5 de novembro deste ano, pelo juiz Edson Rosas Neto, da 1ª Vara de Manacapuru. Oziel foi indiciado por latrocínio tentado. Ao término dos procedimentos cabíveis, ele irá permanecer na carceragem da delegacia, que funciona como unidade prisional em Manacapuru.

FOTO: Divulgação/Assessoria de Imprensa da Polícia Civil do Estado do Amazonas.