Polícia prende em Tapauá homem acusado de matar cantor no Amazonas

A equipe de investigação da 64ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), em Tapauá, com o apoio de policiais militares, cumpriu, na tarde desta sexta-feira (19/10), por volta das 13h, o mandado de prisão preventiva em nome de Roberval Sabino Félix, 30, conhecido como Jeferson. Ele é apontado como autor do homicídio que teve como vítima o cantor Ronald Ayrton Pacheco Vasconcelos, que tinha 24 anos. De acordo com a gestora da 64ª DIP, a investigadora de polícia Dulce Montefusco, o crime aconteceu no dia 29 de setembro deste ano.

Na ocasião, Ronald, que era cantor, estava em uma boate naquele município, por volta das 3h, quando Roberval, sem motivos aparentes, desferiu nele um golpe de faca. Ronald chegou a ser levado ao hospital da cidade, mas não resistiu ao ferimento e veio a óbito. Roberval fugiu do local.

“Após tomarmos conhecimento da identidade do autor, representamos o pedido de prisão preventiva de Roberval. E após expedido, iniciamos as diligências para o cumprimento e encontramos o indivíduo na Comunidade Morada Nova, aproximadamente 60 km da cidade, zona rural de Tapauá. Ele confessou o homicídio, e relatou que a motivação do crime se deu por ter confundido Ronald com uma pessoa que havia furado seu primo 30 dias antes da data do fato” relatou a gestora.

O mandado de prisão preventiva por homicídio em nome de Roberval, foi expedido no dia 1º de outubro deste ano, pelo juiz Manoel Átila Araripe Autran Nunes da Comarca de Tapauá. Ao término dos procedimentos cabíveis na 64ª DIP, ele permanecerá na carceragem da unidade policial.

FOTO: DIVULGAÇÃO