Polícia procura dupla que furtou joias e celulares avaliados em R$ 100 mil em Jutaí

A ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Jutaí (distante 751 quilômetros da capital), solicita a colaboração de todos na divulgação das imagens de Aldecy da Silva e Maurício Casihiro Sandi, de idades não reveladas, envolvidos em um furto a uma loja de variedades, localizada na Avenida Costa e Silva, bairro Centro, naquele município. Os materiais furtados, entre joias e aparelhos celulares, estão avaliados em R$ 100 mil.

Conforme o investigador de polícia Diego Araújo, gestor da 56ª DIP, o crime ocorreu na madrugada do dia 7 de junho, por volta das 3h. Após o ato criminoso, os indivíduos embarcaram em uma lancha para o município de Tonantins (distante 865 quilômetros de Manaus), e no fim da tarde do mesmo dia, policiais militares receberam a informação que Aldecy e Maurício estariam em outra embarcação, já com destino a Manaus.

“As equipes policiais foram até o porto da cidade e abordaram o barco. Durante revista encontraram o material furtado, e detiveram a dupla. Eles foram encaminhados à delegacia, mas por não estarem no período de flagrante foram liberados”, relatou Araújo.

Os materiais furtados que estavam avaliados em R$ 100 mil foram devolvidos ao proprietário da loja. Segundo o gestor, com base nas informações, foi representado à Justiça pelo mandado de prisão preventiva em nome dos indivíduos, e a ordem judicial foi decretada nesta segunda-feira (14/06), pelo juiz Daniel do Nascimento Manussakis, da Comarca de Jutaí.

“Estamos trabalhando para localizá-los, a fim de elucidar esse delito, para isso contamos com a colaboração da população para divulgar as imagens deles”, destacou a autoridade policial.

Disque-denúncia – Quem tiver informações acerca da localização dos indivíduos, deve entrar em contato pelo número 181, o disque-denúncia da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-AM). “Asseguramos o sigilo da identidade dos informantes”, garantiu ele.

FOTO: Divulgação/PC-AM