Take a fresh look at your lifestyle.

Polícia procura suspeito de matar adolescente de 17 anos em Manaus

-publicidade-

A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) e a Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca) estão à procura de Michael Saboia de Souza, 19 anos, acusado de matar a adolescente Heloísa Medeiros da Silva, de 17 anos. As informações são dos delegados Paulo Martins e Joyce Coelho, titulares, respectivamente, das unidades de polícia.

 

O caso

De acordo com o titular da DEHS, Heloísa foi encontrada morta na madrugada de domingo (15/12), à 1h20, na casa da avó do infrator, situada na rua Miranda Leão, bairro Centro, zona sul da capital. Na ocasião, uma equipe da Polícia Militar do Amazonas (PMAM) foi acionada pelo tio de Michael, que informou às autoridades que o indivíduo havia assassinado uma adolescente e teria abandonado o corpo naquele imóvel.

Vítima foi estrangulada
Foto – Arquivo pessoal

“O tio do jovem relatou que o infrator ligou para ele e pediu para ir até à residência da avó dele, pois estaria supostamente precisando conversar com ele sobre um assunto urgente. No entanto, ao chegar na residência, o tio de Michael se deparou com o corpo da vítima com sinais de estrangulamento, coberto com um lençol azul, momento em que decidiu comunicar o fato às autoridades policiais”, explicou o Martins.

Segundo o delegado, a adolescente estava sendo procurada desde a última sexta-feira (13/12), quando a mãe dela formalizou um Boletim de Ocorrência (BO) informando que a filha havia saído na noite de quinta-feira (12/12), por volta das 20h, para ir a uma casa de festas, localizada no bairro Parque 10 de Novembro, zona centro-sul da capital, e não teria retornado para a casa.

Disque-Denúncia – Quem puder colaborar com informações sobre a localização de Michael, entrar em contato com a equipe da DEHS por meio do número: (92) 99229-6208, o disque-denúncia da delegacia, ou, ainda, por meio do número 181, canal de delações da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). “Asseguramos o sigilo da identidade dos informantes”, garantiu Martins.

FOTO: Divulgação/PC-AM

-publicidade-