IMG-20150126-WA0035A Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe de investigação da 78ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Codajás, distante 240 Km em linha reta de Manaus, em parceria com policiais militares lotados no município, prendeu um cumprimento a mandado de prisão na manhã do último sábado, dia 24, José Carlos de Oliveira, 47.

O homem foi preso por crime de estelionato, na rua Eurico Gaspar Dutra, no Centro da cidade de Fonte Boa, município distante 678 Km em linha reta da capital.

José Carlos se passava por professor de um curso de operador de máquinas pesadas, e alegava possuir parceria com a Secretaria de Estado da Educação do Amazonas (SEDUC–AM). Com esse argumento, ele conseguiu obter duas salas em uma escola municipal da cidade para ministrar as aulas teóricas, e ainda conseguiu autorização para realizar as aulas práticas nas máquinas de uso da prefeitura.

O infrator anunciava também que para ingressar no curso não era exigido do participante como pré-requisito, a Carteira Nacional de Habilitação (CHN) em nenhuma categoria, e dando exemplo que a empresa para a qual trabalhava havia feito uma promoção para os moradores da cidade de Codajás, que pagaram entre R$ 200 e R$ 600 pelo curso.

Conforme a equipe de investigação, era dessa forma que o criminoso atraía as pessoas para o curso. No dia 17 de novembro, ele iniciou a primeira turma em Codajás, que terminou dia 22 de dezembro, e no dia seguinte começaria outra, realizando todos os procedimentos de matrícula, recebendo o dinheiro dos alunos referente a mensalidades, mas fugiu da cidade.

De acordo com o delegado adjunto da 78ª DIP de Codajás, Mauro Duarte, o homem enganou 84 pessoas no município, e as investigações iniciaram desde que as primeiras vítimas foram à delegacia registrar Boletim de Ocorrência. “A partir daí, divulguei várias fotos dele para os delegados de outros municípios. Na última quarta-feira feira, dia 21, o delegado de Fonte Boa, Claudenor Medeiros ligou informando que o homem se encontrava na cidade, e estava começando a aplicar novos golpes”, informou a autoridade policial.

Segundo Mauro, o pedido de prisão de José Carlos foi solicitado e na sexta-feira (23), viajou para Fonte Boa com os policiais militares, onde no sábado cumpriram a determinação expedida pela juíza da comarca, Irlanda Araújo Granja da Silva, e efetuaram a prisão do estelionatário.

Ainda de acordo com informações do delegado, no hotel onde o homem foi preso, foram apreendidos um projetor, panfletos, recibos, impressora e uma quantia em dinheiro de R$ 1.100,00.

José foi autuado pelos crimes de estelionato e por entregar veículo automotor a pessoas não habilitadas. Ele ficará preso na carceragem da delegacia de Codajás, onde aguardará decisão da Justiça.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here