Williamy Pinheiro RamosSob a coordenação do titular do 3º Distrito Integrado de Polícia (DIP), Fernando Bezerra, policiais civis prenderam em flagrante, no inicio da tarde de domingo, 22, o ajudante de pedreiro Williamy Pinheiro Ramos, 34, conhecido como “Nilo” e apontado como autor do homicídio de Francisco Xavier de Almeida Brito, 47, o “Chavico”.

O crime ocorreu na manhã de ontem, por volta das 8h, na Rua Américo Alvarez, ao lado da feira municipal do conjunto Japiinlândia, bairro Japiim, zona Sul da capital. “Nilo” foi preso por volta de meio-dia e meia, na residência dele, localizada na Rua Anador, bairro Jorge Teixeira, 4° etapa, zona Leste de Manaus.

De acordo com o delegado, a vítima e o ajudante de pedreiro estavam bebendo desde a noite de sábado. Minutos antes do crime, os dois se desentenderam e Williamy desferiu uma facada no peito de Francisco.

O objeto ficou cravado no peito da vítima, que foi socorrida por populares e levada ao Serviço de Pronto Atendimento (SPA) da zona Sul, no bairro Colônia Oliveira Machado. O homem passou por uma intervenção cirúrgica, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Em depoimento, o ajudante de pedreiro alegou que esfaqueou a vítima porque ela havia dito que ele, Williamy, não era “flor que se cheirasse”. Durante as diligências, os policiais apreenderam a faca utilizada no crime. O objeto foi levado para o Instituto de Criminalística (IC), onde será periciado.

“É importante ressaltar o trabalho célere da Polícia Civil. Quando os policiais do plantão foram acionados, eles foram rapidamente ao local do crime e colheram as informações preliminares, que foram fundamentais para conseguirmos prender em flagrante o autor deste homicídio”, frisou o delegado.

Ainda segundo a autoridade policial, em menos de seis horas, foram realizados todos os procedimentos cartorários. Williamy foi autuado em flagrante por homicídio por motivo fútil (Artigo 121, parágrafo 2º, inciso 2, do Código Penal Brasileiro). No inicio da tarde de hoje, o homem foi encaminhado à Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa, onde ficará à disposição da Justiça.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here