Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

-publicidade-

Policiais civis prendem homem por tentativa de homicídio contra investigadora

José Cláudio Santana de Oliveira
José Cláudio Santana de Oliveira

A equipe de investigação do 3º Distrito Integrado de Polícia (DIP), com apoio de policiais civis da 1ª Seccional Sul, prendeu em flagrante, por volta das 9h30 desta quinta-feira, 12, José Cláudio Santana de Oliveira, 35, por tentativa de homicídio contra uma investigadora de polícia. Na ocasião, a equipe também deteve Deuzo Solart Batalha, 30.
De acordo com o delegado titular, Fernando Bezerra, José estava sendo investigado por lesão corporal contra uma ex-companheira, crime que teria acontecido em 2014. Sobre este delito, ele já havia sido notificado a prestar esclarecimentos na delegacia, mas nunca compareceu ao local.

Na manhã de hoje, durante uma ação realizada pela equipe de investigação da delegacia, ele foi abordado na casa onde mora, localizada na Rua São Francisco, bairro Japiim, zona Sul. Na ocasião, ele tentou machucar uma investigadora.

“No momento da abordagem, feita em via pública, ele intentou contra a vida da investigadora que estava efetuando a prisão. O homem sacou uma faca para feri-la e, para evitar que José cometesse o ato, outro policial efetuou um tiro no intuito de protegê-la”, explicou o delegado.

José foi atingido na perna esquerda e, imediatamente, conduzido ao Hospital e Pronto Socorro Dr. João Lúcio Pereira Machado, onde recebeu os atendimentos necessários. Durante a abordagem, uma segunda pessoa identificada como Deuzo Solart Batalha tentou impedir que o comparsa fosse levado pela polícia e, por este motivo, foi detido pelos policiais.

Depois de realizados os procedimentos hospitalares, José foi conduzido à delegacia onde constataram que havia dois mandados de prisão preventiva em aberto contra ele. O primeiro é relacionado a tráfico de drogas e foi expedido no dia 16 de fevereiro de 2009, pelo juiz José Ribamar Costa Soares, da 1ª Vara Especializada em Crimes de Uso e Tráfico de Entorpecentes (Vecute). O segundo era referente ao crime de homicídio contra Ikson Lima de Vasconcelos, no ano de 2013, e foi expedido pelo juiz Anésio Rocha Pinheiro da 2ª Vara do Tribunal do Júri. Os dois foram cumpridos na distrital.

O delegado titular ressaltou que o flagranteado é um individuo de alta periculosidade, responsável por comandar o tráfico de drogas na área onde mora, além de ser membro de uma perigosa facção criminosa amazonense.

Na unidade policial, José foi autuado por tentativa de homicídio e indiciado por lesão corporal e ameaça. Ele também vai responder por homicídio e tráfico de drogas, referentes aos cumprimentos de mandando de prisão preventiva. O homem será encaminhado à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoal onde permanecerá à disposição da Justiça.

De acordo com o delegado, o segundo homem detido na ação policial foi liberado após assinar Termo Circunstancial de Ocorrência (TCO) por favorecimento pessoal ao crime (artigo 348 do Código Penal Brasileiro).

-publicidade-