Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

Policiais da Derfd prendem dupla investigada por furto e estelionato

duplaA Polícia Civil do Amazonas, por meio de servidores lotados na Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), prendeu ao longo desta semana Francisco David Santos de Sousa, 35, conhecido como “Loiro” e Renderson Pond Barroso, 27, em cumprimento a mandados de prisão expedidos no último dia 20 de fevereiro pelo juiz Henrique Veiga Lima, da 9ª Vara Criminal.

Francisco foi preso na última terça-feira, 24, por volta das 23h, na Avenida Max Teixeira, bairro Cidade Nova, zona Norte de Manaus, quando saía de um automóvel na companhia da namorada. No interior do veículo os policiais encontraram uma chave de fenda para forçar a abertura de carros e uma câmera semiprofissional, além de relógios, celulares e um casaco de grife.

Renderson foi localizado na manhã de ontem, quinta-feira, 25, na residência onde morava, situada na Rua 11 do bairro São José 4, zona Leste. Durante revista no imóvel foram achadas bolsas, cartões de crédito, óculos, relógios, maquiagens, porta-moedas, uma filmadora profissional e uma mala.

De acordo com o delegado titular da Derfd, Adriano Felix, os homens são amigos e começaram a ser investigados após serem denunciados por furto a um veículo estacionado na Avenida Darcy Vargas, zona Centro-Oeste da capital. O crime ocorreu no dia 27 de janeiro deste ano. Dentro do automóvel eles encontraram um cartão de crédito com a senha e efetuaram compras no valor de R$ 30 mil em três lojas diferentes e acabaram sendo monitorados.

“O dono do cartão de crédito formalizou a denúncia e começamos a investigar o caso. Durante as diligências observamos que a dupla estudava os alvos e verifica se tinham objetos de valor no interior dos carros. Então os homens arrobavam o automóvel tirando o vidro com uma chave de fenda e pegavam o que encontravam. Eles também contavam com a ajuda de uma lanterna para olhar o interior de veículos com película”, explicou o delegado.

Ainda segundo a autoridade policial, os dois atuavam muito nos bairros Parque Dez de Novembro, Flores, Conjunto Parque das Laranjeiras e nas adjacências de centros comerciais na Avenida Djalma Batista. Segundo o delegado Adriano Felix, a dupla atuava na cidade cometendo delitos há mais de dez anos.

“Loiro” tem passagem pela polícia por furtos cometidos em 2002 e 2005, além de roubos registrados em 2002 e 2007, mais receptação ocorrida em 2005. Renderson respondeu por furto praticado em dezembro de 2014.

Dessa vez, na unidade policial, a dupla foi autuada por furto qualificado e estelionato, crimes previstos nos Artigos 155 e 171, respectivamente, do Código Penal Brasileiro. Ao término dos procedimentos legais, eles serão conduzidos à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde ficarão à disposição da Justiça.

-publicidade-