As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Policiais da Derfv prendem em Manacapuru dupla envolvida em roubos de veículos na capital

Irmãos Diego Maradona Bandeira de Souza, 25, e Jhonata Bandeira de Souza, 24
Irmãos Diego Maradona Bandeira de Souza, 25, e Jhonata Bandeira de Souza, 24

A Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe de investigação da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (Derfv), prendeu durante a manhã deste sábado, 28, por volta das 11h, os irmãos Diego Maradona Bandeira de Souza, 25, e Jhonata Bandeira de Souza, 24, envolvidos em roubos de dois veículos na capital. O fato ocorreu no município de Manacapuru, distante 68 quilômetros em linha reta de Manaus, em via pública, na Avenida Boulevard Pedro Rates, bairro Centro.

A ação contou com o apoio de policiais da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) daquele município. De acordo com o delegado titular da Derfv, Paulo Martins, a dupla estava sendo investigada há pelo menos uma semana, desde o registro de roubo dos carros.

“Recebemos a informação de que este final de semana a dupla estaria em Manacapuru e tendo em vista todo o material investigativo que já tínhamos sobre eles, entendemos que seria o melhor momento para pegá-los. Na abordagem eles tentaram fugir de carro, mas foram detidos pela equipe policial”, informou.

Com a dupla a polícia encontrou os dois veículos roubados: um Fiesta de cor dourada e um Ônix de cor branca. Além disso, eles estavam com dois revólveres calibre 38 e seis munições. Ao serem encaminhados à unidade policial daquele município foi constatado que Jhonata já tinha um mandado de prisão em aberto e expedido há dois anos, também por roubo de veículo.

Os homens foram autuados pelos crimes de receptação de veículo roubado e porte ilegal de arma de fogo e munição, previstos nos Artigos 180 do Código Penal Brasileiro e 14 da Lei 10.826/03, respectivamente.

Após a realização de todos os procedimentos legais, os irmãos continuarão detidos na Delegacia Interativa de Polícia de Manacapuru, onde ficarão à disposição da Justiça.