trioA Polícia Civil do Amazonas, por meio dos servidores do 1° Distrito Integrado de Polícia (DIP), registrou na manhã desta terça-feira, 03, a prisão de Darlon Lopes de Carvalho, 21; Yago Castro Quintelo, 22, e Felipe Araújo de Sousa, 20, pela prática de roubo consumado, ocorrida às 23h de segunda-feira, 02, nos bairros São Francisco e Praça 14 de Janeiro, ambos na zona Sul de Manaus.

De acordo com o delegado titular do 1° DIP, Rodrigo de Sá, muitas vítimas foram à unidade policial na madrugada desta terça-feira, por volta das 2h, para denunciar os roubos. Na ocasião, duas garotas informaram que três homens estavam fazendo arrastões em um veículo, modelo Siena, de cor cinza de placas JWV-5976. Elas afirmaram ainda que o trio portava uma arma de fogo.

Em depoimento, uma delas informou que caminhava com uma amiga pelo bairro São Francisco, quando elas foram abordadas por um homem tatuado, que saiu do carro apontando a arma na direção delas.

“Ele pediu para eu abaixar a cabeça e entregar tudo que eu tinha. Além de levar o meu celular, pegou o da minha amiga. Depois de algumas horas ficamos sabendo que eles haviam sido presos. Foi aí que tivemos a ideia de irmos à delegacia e reconheci Felipe. Foi ele que nos abordou e roubou os nossos celulares”, declarou uma das vítimas.

Ao tomarem conhecimento da ação criminosa, a equipe de investigação do 1º DIP acionou os policiais da Força Tática, que começaram a monitorar a movimentação de veículos pela Alameda Cosme Ferreira, no bairro Coroado, zona Leste, quando avistaram o carro com as características repassadas pelas vítimas.

Quando interceptaram o automóvel encontraram no interior do veículo uma arma calibre 30, com numeração raspada e cinco munições intactas, além de dois aparelhos celulares. Darlon, Felipe e Yago foram conduzidos ao 1º DIP. O revólver apreendido com eles foi encaminhado à perícia.

“Estamos investigando se existem outras vítimas. Divulgamos as imagens deles para facilitar o reconhecimento”, concluiu o delegado Rodrigo de Sá.

Os três homens foram autuados em flagrante por roubo (Artigo 157 do Código Penal Brasileiro). Ao término dos procedimentos legais cabíveis, eles foram conduzidos à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde ficarão à disposição da Justiça.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here