Ana Amélia Dutra ChavesA Polícia Civil do Amazonas, por meio de servidores do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), prendeu na tarde de quinta-feira, 19, por volta das 17h30, Ana Amélia Dutra Chaves, 49, conhecida como “Maria Pérola”. O fato ocorreu em via pública, na Rua Samambaia, bairro Santa Etelvina, zona Norte da cidade, em cumprimento a mandado de prisão.

De acordo com policiais do DRCO, já existia investigação em andamento para encontrar Ana Amélia. Após denúncias anônimas indicando o paradeiro dela, a equipe iniciou monitoramento da área, resultando na prisão da mulher.

O mandado de prisão, expedido em janeiro de 2013 pelo juiz de Direito da 2ª Vara Criminal da Comarca de Manaus, Jaime Artur Santoro Loureiro, foi representado pela equipe do DRCO a partir do indiciamento de Ana Amélia por estelionato em julho de 2012, após vítimas levarem ao conhecimento da polícia os atos ilícitos praticados por ela.

A mulher agia desde dezembro de 2011, vendendo supostas casas de um programa de habitação popular do Estado. De acordo com o delegado titular do DRCO, Rafael Allemand, na época em que começou a praticar os golpes, mais de cinquenta pessoas reconheceram Ana Amélia como responsável por anunciar vendas de casas, pegar o dinheiro das vítimas e não entregar o imóvel.

“Ela oferecia residências de forma irregular, por valores que variavam de R$ 270 e R$ 800. Depois desaparecia. Estima-se que ela teve um lucro de aproximadamente R$ 200 mil com a prática ilícita”, explicou Allemand.

Na Justiça tramitam sete processos criminais em nome de Ana Amélia. Todos relacionados a estelionato e outras fraudes, cometidas entre os anos de 2004 a 2013. Após a realização dos procedimentos cabíveis, Ana Amélia foi encaminhada ao Centro de Detenção Provisório Feminino (CDPF), situado no km 8 da rodovia federal BR-174.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here